icons.title signature.placeholder Gabriel Matturo
01/11/2013
14:52

Problemas dentro e fora de campo. A vida do Fluminense tem sido mais agitada do que o normal nos últimos dias. Se dentro das quatro linhas a equipe corre para fugir de um possível rebaixamento, fora delas o departamento jurídico teve mais três audiências para tentar livrar Felipe, Rafael Sobis e Biro Biro, que foram julgados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), na tarde desta sexta-feira.

Felipe e Rafael Sobis foram julgados pelas expulsões na derrota por 1 a 0 diante do Cruzeiro, no Mineirão, em 16 de outubro. O atacante foi enquadrado no artigo 250 - ato desleal ou hostil - por receber o segundo amarelo após cometer falta em Dagoberto. Enquanto Felipe foi expulso por reclamação com o árbitro Paulo Henrique de Godoy Bezerra após o término da partida. O meia foi indiciado no artigo 243-F - ofender alguém em sua honra.

E MAIS:
> De Prima: nome de Luxemburgo é boicotado por líderes do Palmeiras
> Gum admite ano ruim, mas frisa que situação não é pior do que em 2009

Único atleta do Fluminense presente no Tribunal, Felipe respondeu perguntas dos auditores e se defendeu perante ao júri por cerca de 10 minutos. Após isso, o advogado do Fluminense, Mário Bittencourt, iniciou o trabalho da defesa do jogador. Após o anúncio da pena de duas partidas, o advogado do clube lamentou a pena e garantiu que entrará com efeito suspensivo para liberar o jogador.

- Nunca gostamos de sair de um julgamento onde o atleta vai ficar fora do jogo de domingo. Posso garantir que estou entrando com recurso para tentar o efeito suspensivo para liberar o Felipe. A pena mínima era de quatro jogos e sob o ponto de vista técnico, a defesa saiu vitoriosa, afinal ele pegou dois jogos. Resultado prático - enfatizou o advogado do Fluminense.

Rafael Sobis foi absolvido, estando disponível para a partida diante do Flamengo, no próximo domingo. Enquanto Felipe foi suspenso por duas partidas, como cumpriu uma, não poderá jogar o Fla-Flu.

BIRO BIRO LIBERADO PARA O FLA-FLU
 
Biro Biro foi indiciado após receber o segundo amarelo e, consequentemente, o vermelho por simular uma falta na partida diante do Grêmio, no dia 12 de outubro. Seu artigo foi o 258, na qual fala em conduta contrária à disciplina e à ética. O jovem atacante do Tricolor foi absolvido e está liberado para o clássico diante do Flamengo.