icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/12/2013
12:01

O judô brasileiro foca suas atenções agora para a segunda etapa da Seletiva Rio-2016, que será realizada no próximo dia 14 de dezembro, no ginásio do Clube de Regatas do Flamengo, no Rio de Janeiro. O evento definirá quais atletas permanecerão na equipe brasileira de alto rendimento no segundo ano do ciclo olímpico.

Em 2013, a Confederação Brasileira de Judô trabalhou com três atletas em cada categoria, exceto no meio pesado feminino, onde foram apenas duas representantes, e no meio pesado e pesado masculino, que tiveram quatro nomes na zona de investimento direto. Ainda houve o caso de Rafaela Silva, que iniciou o ano no meio médio, mas retornou para a categoria leve, onde foi campeã mundial.

No masculino, todas as categorias tem, pelo menos, uma vaga em aberto. Eric Takabatake (60kg), Marcelo Contini (73kg), Mauro Moura (81kg),  Hugo Pessanha (100kg) e Daniel Hernandes (+100kg) não conseguiram cravar uma vaga entre os 22 melhores do ranking mundial (zona de classificação olímpica) e terão que lutar para se manter na equipe em 2014.

Na categoria médio (70kg) serão duas vagas, já que Eduardo Santos e Eduardo Bettoni Silva também não figuram entre os 22 da lista. No meio leve (66kg), Leandro Cunha, titular do Brasil na Olimpíada de Londres e um dos três nomes na zona de investimento na categoria, decidiu subir de peso e vai disputar uma vaga entre os leves.

No feminino, são duas vagas a serem preenchidas em seis das sete categorias. A única categoria definida é a do peso leve, que já conta com Rafaela Silva, atual líder do ranking mundial, e a medalhista olímpica Ketleyn Quadros.

No meio pesado, que teve duas atletas em 2013 - Mayra Aguiar e Samanta Soares -, terá três representantes em 2014. Samanta tentará se manter na equipe, além de Gabriela Chibana (48kg), Nathália Brigida (48kg), Eleudis Valentim (52kg), Raquel Silva (52kg), Juliene Aryecha (57kg), Flávia Gomes (57kg), Katherine Campos (63kg), Mariana Silva (63kg), Nádia Merli (70kg), Bárbara Timo (70kg), Rochele Nunes (+78kg) e Claudirene Cezar (+78kg).