icons.title signature.placeholder Thiago Correia
25/07/2014
18:54

Aos 25 minutos do primeiro tempo da despedida de Deco, no Estádio do Dragão, a partida foi interrompida. Além de uma parada técnica, José Mourinho, técnico do Porto que tinha o Mágico em 2004, mandou uma mensagem ao ex-jogador. Lembrou dos vários bons momentos e mandou um abraço. Era para ele voltar a comandar o time, mas não conseguiu comparecer.

- É um grande símbolo de uma equipe que marcou uma geração. Homenagear o Deco é também homenagear o clube. Os torcedores foram fundamentais nessa grande caminhada, nessa grande aventura. Por isso, um grande abraço a todos os jogadores, ao presidente, à direção e aos torcedores. É com grande tristeza que não estou, mas espero que se divirtam todos e que façam aquilo que sempre fizeram disse Mou no telão do Estádio do Dragão:

- Abraço forte aos jogadores do Barcelona também. O Deco merece tudo isto. Foi um grande jogador. É com pena que não estou aí, tanto eu como toda a equipe técnica, mas estamos aí de coração e é com saudades que recordamos. Deco, espero que sejas tão feliz agora como quando foste durante essa campanha.

Mourinho foi técnico do Porto entre 2002 e 2004, e nesse período conquistou seis títulos, inclusive uma Liga dos Campeões e uma Copa Uefa (atual Liga Europa).