icons.title signature.placeholder John Edwards, do "Daily Mail" (ING)
22/04/2014
14:47

Assim como muitas pessoas, eu achei que David Moyes foi promovido além de seu nível quando virou técnico do Manchester United. Em outras palavras, ele simplesmente não tem a capacidade de lidar com a pressão do trabalho. Ele fez um ótimo trabalho no Everton, transformando o time de candidato ao rebaixamento a equipe com ambições europeias (eles chegaram a se classificar para a Liga dos Campeões, mas foram eliminados antes da fase de grupos). Mas é um mundo diferente em Old Trafford, com expectativas diferentes e jogadores diferentes e ele cometeu uma série de erros que se provaram fatais no final.

Nem sua maior contratação da época do Everton (Fellaini) pode se comparar a nomes como Ferdinand, Van Persie e Giggs. No Everton, a palavra de Moyes nunca era questionada, mas é tudo diferente no United e esses jogadores de nome não iriam se acomodar tranquilamente a ele. São atletas com grandes personalidades e eles não toleraram o jeito de Moyes de tentar estampar sua autoridade neles.

Outro problema para Moyes foi o estilo de jogo. No Everton, ele sempre foi um técnico precavido, do estilo não tomar gols para depois pensar em marcá-los. E Fellaini faz esse estilo de jogador, que é físico, fica atrás da bola, mas não tem tanta habilidade. Seu primeiro erro foi contratá-lo para o United. Foi uma compra por pânico, no último dia da janela de transferências.

É curioso perceber como o Everton se transformou com Roberto Martínez, evoluindo para um time que joga um futebol bonito, enquanto o United fez o caminho contrário. Não só em termos de resultados, mas em relação a performances também. Os Red Devils tiveram alguns jogos horríveis na temporada.

Outro grande erro de Moyes foi ter se livrado de todos os assistentes da Era Ferguson e ter trazido nomes como Steve Round, Jimmy Lumsden e Phill Neville. Este último tem muitos títulos como jogador, mas nenhuma experiência. Grandes jogadores, como Van Persie, olhavam para estes nomes e pensavam: "Ei, o que você ganhou?". Era difícil conseguir o respeito dos jogadores.

Pelo que sei, a intenção da diretoria do United era dar a Moyes até o fim de 2014 para trabalhar em paz. No entanto, o clima mudou após a derrota para o Olympiacos em Atenas pela Liga dos Campeões. Foi uma performance ridícula e a partir dali, mesmo com o time tendo virado o confronto em casa, os dias do escocês à frente dos Red Devils estavam contados. Quando o United jogou de forma parecida no último domingo no clube antigo de Moyes, a diretoria do clube finalmente resolveu agir.

FUTURO DO UNITED

Há algumas semanas, recebi a informação de que Louis Van Gaal havia sido contactado por pessoas ligadas à diretoria do Manchester United, perguntando se ele teria interesse em suceder David Moyes. O holandês estava conversando com o Tottenham para assumir o clube após a Copa do Mundo, mas assim que recebeu o primeiro contato do United, deixou claro que quer ir para lá.

Ryan Giggs foi colocado como técnico interino, dando a impressão de que nenhuma contratação será anunciada agora. Isso parece favorecer Van Gaal, que tem contrato com a seleção holandesa até o fim do Mundial. Jürgen Klopp é um nome que é bastante querido pela torcida do Manchester United, mas ele já negou a possibilidade de ir para a Inglaterra.

Finalmente, Diego Simeone é o outro técnico que está sendo considerado, mas todos os sinais indicam que Louis Van Gaal é o favorito. Pessoalmente, eu gostaria de ver Simeone com este emprego.