icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/03/2014
08:59

A edição desta quarta-feira do jornal "Mundo Deportivo" crava que o vestiário do Real Madrid está dividido com as críticas feitas por Cristiano Ronaldo e Sergio Ramos ao árbitro Undiano Mallenco. As palavras da dupla não teriam agradado o goleiro Casillas, primeiro capitão da equipe e a liderança mais forte do elenco.

O atacante e o zagueiro ficaram inconformados com a marcação de dois pênaltis contra o Real Madrid na derrota para o Barcelona por 4 a 3, no último domingo, no Santiago Bernabéu. Ronaldo falou que "alguém quer impedir o título do Real" enquanto Ramos manifestou o desejo de nunca mais se encontrar Mallenco em partidas merengues.

E MAIS

HOME: Veja as últimas notícias do futebol internacional
Simeone: 'Jogadores do Real me fizeram rir muito'
Zagueiro Sergio Ramos pega um jogo de suspensão

Segundo o site "eleconomista.es", ao tomar conhecimento das declarações dos dois jogadores, Casillas teria cobrado uma postura mais comedida dos companheiros, o que deixou o grupo divido entre a ala moderada e a mais radical.

O diário catalão, por sua vez, afirma que o episódio pode ser a gota d'água para decretar a saída de Casillas do Real Madrid, na próxima janela de transferências do futebol europeu, em junho deste ano.