icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/07/2013
12:23

O jornal "Chicago Sun-Times" estampou nesta quinta-feira em sua capa um artigo em que ironiza a vitória do Rio de Janeiro para sediar a Olimpíada de 2016, quando Chicago foi uma das candidatas. A publicação citou inclusive as manifestações constantes na capital fluminense e perguntou: "Perdemos para isso?".

O colunista Neil Steinberg escreveu uma espécie de de carta para o Comitê Olímpico Internacional com o título "Hora de um arrependimento olímpico" e questiona a decisão dos organizadores em terem escolhido a cidade brasileira como sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

- Os protestos que estão agitando o Brasil podem diminuir e tudo pode estar bem em 2016. Nós desejamos nossas sinceras esperanças e orações de que isso aconteça. No entanto, uma questão tem aparecido na nossa cabeça, dizendo "oh oh oh!" e pedindo para ser perguntada. Então eu vou fazê-la. Pronto? Aqui está nossa questão: "Já está arrependida". Porque você poderia ter Chicago. Não é uma cidade sem problemas. Tem vários problemas. (…) Mas teríamos feito isso sem bombas. Sem que os militares atirassem gás ou balas de borracha - disse o colunista.

Usando um tom irônico em todas as suas falas, Steinberg terminou sua coluna atacando a cidade carioca.

- Sem ressentimentos, COI. Talvez em uma próxima vez, contando que nós aceitemos passar por todo o aborrecimento para tentar vencer suas Olimpíadas bobas. Mas eu não espero isso. A maioria dos cidadãos de Chicago está satisfeita. Nós saímos da luz e agora podemos sentar e assistir ao Brasil tentando dar conta da tarefa, o que deverá ser mais divertido do que teria sido sediar o evento. Você não pode dizer que não teve sua chance. E a desperdiçou. Você poderia ter tido o ouro, mas se contentou com o bronze.

O jornal "Chicago Sun-Times" estampou nesta quinta-feira em sua capa um artigo em que ironiza a vitória do Rio de Janeiro para sediar a Olimpíada de 2016, quando Chicago foi uma das candidatas. A publicação citou inclusive as manifestações constantes na capital fluminense e perguntou: "Perdemos para isso?".

O colunista Neil Steinberg escreveu uma espécie de de carta para o Comitê Olímpico Internacional com o título "Hora de um arrependimento olímpico" e questiona a decisão dos organizadores em terem escolhido a cidade brasileira como sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

- Os protestos que estão agitando o Brasil podem diminuir e tudo pode estar bem em 2016. Nós desejamos nossas sinceras esperanças e orações de que isso aconteça. No entanto, uma questão tem aparecido na nossa cabeça, dizendo "oh oh oh!" e pedindo para ser perguntada. Então eu vou fazê-la. Pronto? Aqui está nossa questão: "Já está arrependida". Porque você poderia ter Chicago. Não é uma cidade sem problemas. Tem vários problemas. (…) Mas teríamos feito isso sem bombas. Sem que os militares atirassem gás ou balas de borracha - disse o colunista.

Usando um tom irônico em todas as suas falas, Steinberg terminou sua coluna atacando a cidade carioca.

- Sem ressentimentos, COI. Talvez em uma próxima vez, contando que nós aceitemos passar por todo o aborrecimento para tentar vencer suas Olimpíadas bobas. Mas eu não espero isso. A maioria dos cidadãos de Chicago está satisfeita. Nós saímos da luz e agora podemos sentar e assistir ao Brasil tentando dar conta da tarefa, o que deverá ser mais divertido do que teria sido sediar o evento. Você não pode dizer que não teve sua chance. E a desperdiçou. Você poderia ter tido o ouro, mas se contentou com o bronze.