icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/11/2014
19:04

Para o técnico Jorginho, o clássico entre Chapecoense e Figueirense será decidido no detalhe. Os times se enfrentam neste domingo, e o comandante alviverde aposta num confronto muito equilibrado entre as duas equipes catarinenses.

- O resultado de um clássico depende daquele que estiver mais equilibrado. E aquele, claro, que aproveitar suas oportunidades. Tem que tentar jogar o seu melhor. Isso faz a diferença. Vai ser no detalhe. O que não pode é perder a cabeça, em momento algum. A vida é assim, futebol não é diferente.

Ciente da da carga emocional do jogo, Jorginho pediu aos jogadores que mantenham a calma dentro de campo, para que a violência não se transfira para as arquibancadas, como é comum acontecer em dias de clássicos regionais.

- O que não podemos é colocar uma pilha a mais, e os jogadores terem o problema de mandar violência para fora. Isso é um perigo. Quem faz isso tem que ser responsabilizado. Qualquer um que for. Tem que tomar cuidado, qualquer coisa pode transferir para o torcedor. Temos que ter consciência disso.

Para o confronto, Jorginho optou pro manter o clima de mistério e não revelou a escalação final do time. Durante a semana, o treinador testou várias opções no time titular, mas a confirmação só virá no domingo.

- Testei várias opções. Testei Nenén, o Bruno Rangel, o Júnior, o Zezinho. Trabalhamos a mesma formação utilizada contra o Flamengo, assim como testamos outras formações. Na hora do jogo, vamos decidir qual vai ser o time. Além disso, alguns jogadores estão sentindo um pouco.

Chapecoense e Figueirense entram em campo neste domingo, às 17h da tarde, no Orlando Scarpelli, em duelo válido pela 33ª rodada.