icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/07/2013
00:02

O empate serviu quase como vitória. Com o 1 a 1 com o América-MG, na noite desta quarta-feira, o Internacional está classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil. A fase seguinte terá a presença das equipes que estavam na Libertadores neste primeiro semestre - com exceção do São Paulo, que jogará a Sul-Americana e dá lugar ao Vasco. A entrada de todos os grandes brasileiros faz com que a competição 'comece' de novo, na avaliação do atacante Jorge Henrique.

- Não faltou nada. Conseguimos o nosso objetivo, que era a classificação. Temos que ter bastante atenção a partir de agora, fizemos uma grande partida. Agora a competição começa, vamos ver quem é quem - avaliou o atacante Jorge Henrique.

O camisa 10 D'Alessandro também elogiou a atuação do Inter no Independência. Embora não tenha feito um jogo exuberante, o Colorado acabou por não sofrer muitos riscos no segundo tempo, embora o primeiro tenha sido de complicações principalmente na saída de bola.

- Nos 90 minutos foi um jogo bom, bem planificado, esperando o time do América-MG, até um pouco demais, mas não íamos nos expor tendo uma vantagem importante. Fazer um gol dá tranquilidade maior - disse D'Alessandro,

O empate serviu quase como vitória. Com o 1 a 1 com o América-MG, na noite desta quarta-feira, o Internacional está classificado para as oitavas de final da Copa do Brasil. A fase seguinte terá a presença das equipes que estavam na Libertadores neste primeiro semestre - com exceção do São Paulo, que jogará a Sul-Americana e dá lugar ao Vasco. A entrada de todos os grandes brasileiros faz com que a competição 'comece' de novo, na avaliação do atacante Jorge Henrique.

- Não faltou nada. Conseguimos o nosso objetivo, que era a classificação. Temos que ter bastante atenção a partir de agora, fizemos uma grande partida. Agora a competição começa, vamos ver quem é quem - avaliou o atacante Jorge Henrique.

O camisa 10 D'Alessandro também elogiou a atuação do Inter no Independência. Embora não tenha feito um jogo exuberante, o Colorado acabou por não sofrer muitos riscos no segundo tempo, embora o primeiro tenha sido de complicações principalmente na saída de bola.

- Nos 90 minutos foi um jogo bom, bem planificado, esperando o time do América-MG, até um pouco demais, mas não íamos nos expor tendo uma vantagem importante. Fazer um gol dá tranquilidade maior - disse D'Alessandro,