icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/04/2014
14:50

A menos de um mês de sua próxima defesa de cinturão, Jon Jones deu uma entrevista ao "UFC Tonight" (programa da organização na TV amercana) onde revelou ter passado por um exame antidoping aleatório feito pela Comissão Atlética do Estado de Maryland. Além de explicar como foi o procedimento pelo qual seu próximo adversário, Glover Teixeira, também passou, o campeão dos meio-pesados declarou suas intenções ao subir no octógono para enfrentar o brasileiro no UFC 172, que acontece no dia 26 de abril, em Baltimore (EUA),

- Meu objetivo é finalizar a luta e dominar Glover de uma forma que ninguém jamais viu ou imaginou - disparou o americano.

Sobre o exame surpresa pelo qual passou na tarde desta quarta-feira, Jones explicou que já havia pedido essa iniciativa ao Ultimate e fez questão de deixar claro que não duvida da conduta de Glover para a disputa de cinturão.

- Fiz exames de urina e de sangue. Eu e o meu time já solicitamos isso há sete meses. Queremos ter certeza de que eu e meu oponente estamos jogando o jogo limpo. Não estou acusando Glover de nada, mas é bom ter feito isso. Solicitamos que isso fosse feito, o UFC aprovou e está pagando por isso. Nem eu e nem Glover sabíamos quando isso aconteceria, e acabou que vieram. Tenho falado abertamente sobre esteroides e é fácil dizer que é contra, mas o difícil é provar que está limpo. Não sou grande, falando de músculos, mas me faz bem mostrar para as pessoas que nunca tomei nada. Aliás, espero que eu e o Glover sejamos testados novamente antes da luta - avaliou.

Jon ainda explicou o quê o motivou a tomar a atitude de se empenhar no sentido de esclarecer as condições do organizamos de lutadores antes de uma disputa de cinturão no UFC.

- Achei que seria bom mostrar que os competidores estão limpos. Nunca tomei nenhum tipo de droga, mas algumas pessoas já fizeram isso no passado. Quero ver o nosso esporte limpo. Não tenho o direito de acusar o Glover de maneira alguma, mas sei que as pessoas fazem de tudo quando têm uma chance de lutar pelo título - concluiu.