icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/04/2014
02:50

Mesmo com os juízes dando a vitória em todos os rounds contra Glover Teixeira, Jon Jones fez questão de ressaltar que não teve vida fácil contra o brasileiro dentro do octógono. Após manter o cinturão meio-pesado no UFC 172, que aconteceu em Baltimore, nos Estados Unidos, Jones falou sobre a garra de seu oponente durante o embate e ainda ressaltou que o brasileiro tem "coração de campeão".

- Glover veio com tudo para terminar a luta no final, sem dúvida. Conversei com ele depois da luta e com certeza ele deu o máximo dentro do octógono. Ele comentou que tinha machucado o braço e a costela, e ainda tinha o corte no supercílio e mesmo assim continuou firme. Glover é um monstro e tiro meu chapéu para ele. Sem dúvida ele tem o coração de um campeão - afirmou Jones, na entrevista coletiva pós-evento do UFC 172.

Logo após a derrota para Jones, Glover chegou a afirmar, ainda no octógono, que suspeitava de uma fratura na costela e uma possível lesão no braço direito. Além disso, o brasileiro sofreu com um sangramento devido a um corte no supercílio durante quase todo o confronto contra Jones.

Jon Jones e Glover Teixeira se enfrentaram na luta principal da edição 172 do Ultimate, que aconteceu neste sábado, em Baltimore, nos Estados Unidos. Após um duelo de cinco rounds, o americano saiu vencedor na decisão unânime dos juízes. Todos os jurados marcaram 50 a 45 para o campeão.

LANIMA20140427_0006