icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/04/2014
14:57

Após Alexander Gustafsson ter dito que Jon Jones "o evita o quanto for possível", o campeão dos meio-pesados não deixou o sueco sem resposta. Em entrevista ao site americano "Fox Sports", Jones mostrou-se irritado e não mediu palavras para criticar seu rival pelas declarações.

Segundo o campeão dos meio-pesados, ele não entende a atitude de seu ex-desafiante, já que o sueco foi superado por ele em setembro do ano passado. Jones comentou que tinha mais respeito por Gustafsson antes de enfrentá-lo e afirmou ainda que o sueco "precisa calar a boca e esperar humildemente por uma segunda chance".

- Eu respeitava ele (Gustafsson) muito mais antes de lutarmos. Ele tem sido muito arrogante para alguém que não venceu. Acho engraçado, porque ele perdeu de forma incontestável. Admito que perdi o primeiro e o terceiro rounds, mas foi só isso. Venci a luta. Nunca ouvi alguém falar tanto depois de ter perdido. Entenderia se eu tivesse acertado ele no olho e a luta fosse interrompida, ou então se eu o tivesse nocauteado com um golpe de sorte enquanto ele estivesse vencendo, mas não aconteceu nada disso. Demos tudo lá dentro e provei que tenho três vezes mais coração do que ele. Ele precisa calar a boca e esperar humildemente por uma segunda chance - disparou o americano.

Apesar da troca de farpas com Alexander Gustafsson, atualmente Jones tem outro rival em mente. O americano coloca seu título em jogo contra Glover Teixeira na luta principal do UFC 172, que está marcado para o dia 26 de abril, em Baltimore, nos Estados Unidos.