icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/07/2013
20:41

Estreante do dia no amistoso do Manchester United contra um combinado na Tailândia - derrota por 1 a 0 -, o jovem Zaha, que chegou por 15 milhões de libras (R$ 51 milhões) do Crystal Palace, não quer voltar a ser emprestado. Ele foi comprado no início do ano, mas foi cedido ao seu ex-clube até junho.

- Eu lutei muito para estar no Manchester United e é aonde quero estar. Eu deixei a maior parte da minha família e dos meus amigos, mas isso é progresso, todos entendem assim. Eu queria vir por ser o melhor para a minha carreira - disse a joia ao site oficial do United, para depois falar um pouco sobre a sua adaptação:

- Fiquei no meu cantinho no vestiário olhando e tentando me acostumar com o pessoal. Todos brincavam e foi agradável. Estava um pouco nervoso, mas todos foram legais.

Durante sua última temporada pelo Crystal Palace, foi um dos principais jogadores no acesso à Premier League. Aos 20 anos, esteve na última Eurocopa Sub-21 com a seleção inglesa, apesar de ter nascido na Costa do Marfim.

Estreante do dia no amistoso do Manchester United contra um combinado na Tailândia - derrota por 1 a 0 -, o jovem Zaha, que chegou por 15 milhões de libras (R$ 51 milhões) do Crystal Palace, não quer voltar a ser emprestado. Ele foi comprado no início do ano, mas foi cedido ao seu ex-clube até junho.

- Eu lutei muito para estar no Manchester United e é aonde quero estar. Eu deixei a maior parte da minha família e dos meus amigos, mas isso é progresso, todos entendem assim. Eu queria vir por ser o melhor para a minha carreira - disse a joia ao site oficial do United, para depois falar um pouco sobre a sua adaptação:

- Fiquei no meu cantinho no vestiário olhando e tentando me acostumar com o pessoal. Todos brincavam e foi agradável. Estava um pouco nervoso, mas todos foram legais.

Durante sua última temporada pelo Crystal Palace, foi um dos principais jogadores no acesso à Premier League. Aos 20 anos, esteve na última Eurocopa Sub-21 com a seleção inglesa, apesar de ter nascido na Costa do Marfim.