icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/11/2014
21:20

Sonolento e sem técnica. Assim foi o empate em 0 a 0 entre a Portuguesa e o ABC, na noite desta terça-feira, no Canindé. Já rebaixada para a Série C, a Lusa chegou aos 25 pontos, permanecendo na lanterna da competição. Já o time potiguar, na 13ª posição, que ainda luta para não cair, somou o 42º ponto, três a frente da primeira equipe dentro do Z4, o Oeste, e a nona partida sem vencer fora de casa (7v e 2e).

Sem mais pretensões na Segundona, a equipe rubro-verde foi a campo com a garotada para encarar um ABC que ainda luta para não seguir o mesmo caminho do rival paulista.

As duas equipes mostraram na primeira etapa o porque de suas campanhas na Série B. Com um tempo só de erros de passes e quase nenhuma finalização, o duelo ficou concentrado no meio-campo. A única chance veio nos pés de Gabriel Xavier. O meia lusitano, porém, errou o alvo e perdeu a chance de abrir o placar no Canindé.

Precisando do resultado, o time potiguar voltou com outra postura. Partindo para cima, o Alvinegro chegou três vezes em cinco minutos. Mas a mais clara aconteceu aos 23, quando João Paulo, cara a cara com Rafael Santos, chutou torto, para fora. Gabriel respondeu mais tarde em finalização de fora da área, mas goleiro interviu, sacramentando o zero no placar.

O lance curioso da partida ficou por conta do árbitro Wagner de Santos Rosa, que expulsou o volante Renan da Lusa de forma equivocada, ao achar que o jogador lusitano já havia recebido o primeiro amarelo. O juiz voltou atrás e desfez o erro.

A Portuguesa agora viaja até Florianópolis, onde encara o Avaí, na próxima terça-feira, às 19h30, na Ressacada. Já o ABC recebe o Ceará, no mesmo dia, às 21h50, na Arena das Dunas.