icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/11/2013
19:38

Em um jogo que tinha tudo para ser movimentado do início ao fim, começou ruim, mas terminou muito bom, cheio de reviravoltas. Como resultado, Juventus e Real Madrid ficaram no empate em 2 a 2, nesta terça-feira, em Turim, pela quarta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. A dupla milionária formada por Bale e Cristiano Ronaldo voltou a brilhar, assim os merengues ficaram com a mão na vaga nas oitavas de final, e os italianos foram para a lanterna (ainda não venceu na competição).

Desta forma, o Real Madrid fica tranquilo na liderança do Grupo B com 10 pontos. Com a vitória em cima do Galatasaray por 1 a 0, o Copenhague igualou os quatro pontos dos turcos e deixou a Velha Senhora na lanterna, com apenas três.

Na próxima rodada da Liga dos Campeões, a Juventus recebe o Copenhague, enquanto o Real Madrid joga em casa contra o Galatasaray. Pelo Campeonato Espanhol, os merengues jogam em casa contra a Real Sociedad no sábado, e pelo Italiano, a Velha Senhora tem um jogo importante, em casa, contra o Napoli.

JUVE SAI NA FRENTE
Para esta partida, Carlo Ancelotti voltou a manter o seu trio de frente, formado por Cristiano Ronaldo, Bale e Benzema, e mexeu no meio-campo. Sabendo que a Juventus tem este setor bem povoado, marcador e habilidoso, resolveu abrir mão de jogadores mais leves e agressivos, como Di María e Isco, e escalou Khedira, Xabi Alonso e Modric. Acabou sendo "engolido" por Pirlo, Vidal, Pogba e Marchisio.

O meio-campo da Juventus já é mais entrosado e bem mais organizado que o do Real Madrid. Desta forma, ganhava a maioria das jogadas, e a bola pouco chegada a Bale e Cristiano Ronaldo. As poucos chances espanholas no primeiro tempo vieram de chutes de longe, justamente deles. E foram muito ruins. Como os italianos sufocaram, os merengues não tiveram tempo de responder.

Já do outro lado, a Juventus mostrou-se mais organizada. Pirlo organizava por trás, Pogba tinha bastante liberdade, Tevez corria demais, principalmente pela esquerda e criava muitas chances. As duas melhores oportunidades nasceram dos pés dos dois. O francês cruzou rasteiro bonito de trivela, quase que Pepe marcou contra. Casillas salvou. Mais tarde, o argentino lançou na área Marchisio, o goleiro espanhol fez grande defesa após cabeçada.

Já na reta final do primeiro tempo, Varane derrubou Pogba na área, o árbitro Howard Webb marcou e Vidal cobrou muito bem.

Vidal abriu o placar para a Juventus (Foto: Oliver Morin/ AFP)

CR7 E BALE ENTRAM EM AÇÃO
A etapa final teve um Real Madrid totalmente diferente, mesmo que tivesse os mesmos jogadores em campo. Antes, Cristiano Ronaldo e Bale ficavam na frente, sem muita preocupação em encostar para apoiar o meio, um autêntico 4-3-3. Depois do intervalo, eles voltavam mais, e alternava com o 4-5-1. Desta forma, os dois foram bem mais participativos, e marcaram rapidamente.

Com funções também de marcação, Cristiano Ronaldo pressionou Cáceres em uma saída de bola. O lateral vacilou, tocou errado, e foi parar nos pés de Benzema. O português correu para receber na frente e chutou bonito para vencer Buffon. Pouco depois, o craque foi fundamental novamente. Recebeu, cortou para dentro, serviu Bale, que limpou Asamoah e chutou seco, bonito para virar.

Mas a comemoração nem demorou muito. Llorente, que não vinha muito bem e não vai convencendo a torcida da Juventus, recebeu cruzamento de Cáceres, que se redimiu um pouco da falha no primeiro gol do Real, e cabeceou bonito, empatando novamente a partida.

Daí para o fim, em alguns momentos os dois times tentaram pressionar, mas também sem saber se valeria a pena. As chances não foram mais tão constantes, e ficou no empate, que foi bem melhor para o Real Madrid. A Juventus está em apuros.

Cristiano Ronaldo comemora seu gol com Benzema (Foto: Oliver Morin/ AFP)

FICHA TÉCNICA
JUVENTUS x REAL MADRID

Local: Juventus Stadium, Turim (ITA)
Data-hora: 05/11/2013, às 17h45 (de Brasília)
Árbitro: Howard Webb (ING)
Auxiliares: Michael Mullarkey (ING) e Darren Cann (ING)

Gols: Vidal (40'/1ºT), Cristiano Ronaldo (6'/2ºT), Bale (15'/2ºT), Llorente (19'/2ºT)

Cartões amarelos: Modric (REA), Varane (REA), Pirlo (JUV), Bonucci (JUV)
Cartões vermelhos: -

JUVENTUS: Buffon, Caceres, Barzagli, Bonucci e Asamoah; Pirlo, Vidal, Pogba e Marchisio; Llorente (Giovinco, 42'/2ºT) e Tevez (Quagliarella, 36'/2ºT). Técnico: Antonio Conte
REAL MADRID: Casillas, Sergio Ramos, Varane, Pepe e Marcelo; Khedira, Xabi Alonso (Illarramendi, 24'/2ºT) e Modric; Cristiano Ronaldo, Bale (Di María, 29'/2ºT) e Benzema (Jesé, 36'/2ºT). Técnico: Carlo Ancelotti