icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/03/2014
23:08


A semana é mesmo ruim para os brasileiros na Libertadores. Depois de Flamengo, Botafogo, Atlético-MG e Cruzeiro, foi a vez do Grêmio não vencer na competição continental. Os gaúchos, que poderiam ser os únicos 100%, pressionaram, mas ficaram no 0 a 0 com o Newell's Old Boys, na noite desta quinta-feira, na Arena.

Com o empate, o Grêmio permaneceu na liderança do Grupo 6, com sete pontos e segue invicto. Já o Newell's iguala o Atlético Nacional (COL) no número de pontos na segunda colocação. Na próxima semana, as duas equipes voltam a se enfrentar, em Rosário, na quarta-feira, às 22h. No Gauchão, o Tricolor joga contra o Pelotas, na última rodada da fase de grupos, em Novo Hamburgo - perdeu mando de campo por conta de rojão atirado no gramado do Jaconi.


DUELO PARELHO
A partida iniciou com cara de grande jogo. Papel picado prateado no campo, brilhando no verde do gramado. Os jogadores demonstraram vontade desde os primeiros instantes com a bola rolando. O Grêmio pareceu dar a bola para os argentinos, que ficavam com a posse. O Tricolor forçou alguns erros do rival. E roubou algumas bolas no campo ofensivo. Uma delas resultou em triangulação pela esquerda. Luan achou Zé Roberto, que driblou Guzmán, mas não conseguiu finalizar. O goleiro se recuperou e tirou para escanteio.

Só que o que parecia estratégia passou a se tornar preocupação dos torcedores. Os argentinos ganharam campo e passaram a se aproximar do gol de Marcelo Grohe. Nada que tivesse perigo. Mas Ponce balançou a rede - acertou-a pelo lado de fora.

Do lado ddo ataque gremista, Barcos não tinha chances de finalizar. A sensação Luan tentou chapéu no último lance, mas Guzmán saiu do gol para segurar a bola. Wendell driblou quatro, mas não finalizou. O Tricolor pouco fez Guzmán sujar o uniforme - o mesmo valeu para Marcelo Grohe por parte do Newell's, que dominou a bola em todo o primeiro tempo.

GRÊMIO MELHORA, MAS NÂO FAZ

Antes dos dez minutos de segundo tempo, o Grêmio já havia finalizado com Ramiro. Luan tentou jogada individual, mas pouco acertou no jogo. Desde passes até dribles. Na defesa, o Newell's havia chegada com cruzamento de Maxi na segunda trave para Figueroa, que ajeitou na pequena área. Rhodolfo tirou. No rebote, Cáceres bateu firme, mas para fora.

A partir das entradas de Dudu e Alán Ruiz, o Tricolor passou a atacar mais. Zé Roberto cabeceou para fora após cruzamento de Pará. Barcos recebeu na área e bateu em cima de Guzmán. E Werley não alcançou cruzamento de Dudu na pequena área. Mas o lance mais claro ainda estava por vir: o Pirata, que ainda procura o primeiro gol na Libertadores, recebeu de Alán Ruiz dentro da área e chutou mal, por cima do gol dos argentinos.

A pressão continuou. Barcos finalizou na área. A bola sobrou para Ramiro, que não consegue finalizar. O rebote ainda ficou com Pará, que bateu forte. No travessão. Mas o Tricolor não conseguiu romper a barreira do time de Rosário e perdeu a chance de manter os 100% na competição.

Grêmio perdeu algumas chances perto do goleiro Guzmán (Foto: Vinícius Costa/AFP)



FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 0 X 0 NEWELL'S OLD BOYS

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data-hora: 13/03/2014 - 21h15
Árbitro: Carlos Amarilla (PAR)
Auxiliares: Carlos Cáceres e Dário Gaona (PAR)
Público/Renda: 43.628 (40.945 pagantes)/R$ 2.404.499,00
Cartões amarelos: Lopéz, Casco (NOB) Wendell, Alán Ruiz (GRE)
 
Gols: Não houve.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Rhodolfo e Wendell; Edinho, Riveros (Dudu - 14'/2°T), Ramiro, Zé Roberto (Alán Ruiz - 22'/2°T) e Luan (Maxi Rodríguez - 30'/2°T); Barcos - Técnico: Enderson Moreira.

NEWELL'S: Guzmán; Cáceres, López, Heinze e Casco; Bernardi (Castro - 34'/2°T), Villalba e Banega (Orzán - 28'/2°T); Figueroa, Ponce (Trezeguet - 25'/2°T) e Maxi Rodríguez - Técnico: Alfredo Berti.