icons.title signature.placeholder Luiz Gustavo Moreira e Rodrigo Ciantar
02/07/2014
18:08

O amistoso contra o Botafogo da Paraíba foi cancelado por uma decisão dos jogadores do Botafogo carioca. Inconformados com o não pagamento de salários atrasados, alguns dos atletas mais experientes do grupo se reuniram com a diretoria na manhã desta quarta-feira, informando que não viajariam para João Pessoa.

Nesta manhã, antes do treinamento, no Cefan, os jogadores se reuniram com diretores do Sindicato de Empregados de Clubes do Rio (Sindeclubes) e receberam um mês de salário atrasado, mas somente da carteira de trabalho, que completaria três meses sem pagamento no próximo quinto dia útil. O problema é que havia a promessa da diretoria de acertar até o início desta semana os valores de direitos de imagem, que está cinco meses em atraso, o que não foi feito.

- O sindicato se comprometeu a ajudar. Nos reunimos com algumas cabeças do grupo nesta manhã, chegamos por volta das 8h30 no Cefan e fizemos o pagamento de um mês (com cheques). Eles já estavam bastante inconformados porque a diretoria tinha prometido pagar mais alguma coisa. Depois se reuniriam com a diretoria para ver se viajariam. Até tentamos explicar a situação do clube. Depois soube que não viajaram mesmo - disse Henrique Fragoso, advogado do Sindeclubes.

LEIA MAIS
> Airton assina renovação de contrato com o Glorioso
> Vagner Mancini esconde o jogo e fecha treino do Botafogo


O sindicato, pelo terceiro mês seguido, desbloqueou uma verba de R$ 2,5 milhões, referente a direitos de transmissão, e o dinheiro foi repassado aos atletas nesta manhã. Mas este dinheiro só pode ser destinado ao salário da carteira.

Após o encontro com o sindicato, os jogadores tiveram mais uma reunião, desta vez com dirigentes do Botafogo, para informar a decisão de não disputar o amistoso. O treinamento foi fechado para a imprensa - algo raro de acontecer no clube - justamente por essas reuniões.

No início da tarde, a assessoria de imprensa do Botafogo informou o cancelamento da partida, mas sem informar os motivos, algo provavelmente seria feito durante o dia pela diretoria alvinegra.

Os atrasos de salários também teriam motivado o cancelamento de um período de treinamentos em Saquarema, que começaria nesta semana. Ninguém confirma esta informação, e a diretoria diz apenas que o clube achou melhor seguir trabalhando no Cefan.