icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
04/02/2015
21:45

O que parecia ser uma noite para coroar a estreia do atacante Vitinho, que marcou dois gols, transformou-se em uma verdadeira decepção do Internacional em jogo válido pela 2ª rodada do Gauchão. Após chegar a abrir uma vantagem de três gols nesta quarta-feira à noite, em pleno Beira-Rio, o Colorado, no último minuto, viu sua equipe amargar um empate em 4 a 4 com o São José-RS. Eduardo Sasha marcou os outros dois gols da equipe de Diego Aguirre, enquanto Jô (dois, um deles golaço de bicicleta), Reinaldo e Rafinha foram os heróis do Zequinha.

Com o empate, o Inter chega a dois pontos. O São José-RS, que venceu na estreia, chega a quatro pontos.

SHOW DE VITINHO E CHUVA DE GOLS MARCAM ETAPA INICIAL

Estreante da noite, Vitinho precisou de apenas dois minutos para mostrar a que veio. Após passe de D'Alessandro, o atacante bateu rasteiro e colocou a bola no fundo da rede de Fábio.

Os avanços de Eduardo Sasha e Vitinho amenizavam os erros de marcação do Inter. Tanto que, após o São José-RS exigir Alisson em falta cobrada por Rafinha, a equipe de Diego Aguirre ampliou o marcador. D'Alessandro cruzou da direita e Eduardo Sasha, livre na área, estufou a rede aos 28.

Aos 36, a inspiração de Vitinho voltou a aparecer no Beira-Rio. Oportunista, o atacante aproveitou lançamento de Eduardo Sasha para a área e balançou novamente a rede.

Porém, dois minutos depois, a euforia começou a dar lugar à apreensão entre os colorados. Bindé avançou pela direita e, após falha de Paulão, Jô deu um giro de corpo para marcar. O setor defensivo do Inter voltou a ter um apagão aos 43. Em novo lançamento de Bindé, Reinaldo subiu sozinho e cabeceou para o fundo da rede para fazer o Zequinha encostar.

REAÇÃO DO SÃO JOSÉ-RS É PREMIADA NO FIM

O Inter voltou do intervalo procurando ditar o ritmo da partida. Aos cinco minutos, Nilmar deu um giro de corpo sobre o zagueiro e bateu para defesa de Fábio. Em seguida, Aránguiz cruzou da direita, mas Vitinho chegou atrasado.

De tanto insistir, o Internacional chegou ao quarto gol aos 25 minutos. Luque, que substituíra Vitinho minutos antes, avançou pela esquerda e serviu Eduardo Sasha, que empurrou para o fundo da rede. O Beira-Rio parecia que ia respirar aliviado. Mas só parecia.

Cinco minutos depois, Jô foi lançado e, de bicicleta, venceu o goleiro Alisson, que estava adiantado. O golaço rendeu aplausos entre os colorados. A partida voltou a ganhar tons dramáticos, com oportunidades lá e cá. Até, aos 45 minutos, o São José-RS conseguir um heroico empate. Rafinha aproveitou espaço na intermediária e bateu rasteiro para vencer Alisson e causar mais uma decepção colorada.

FICHA TÉCNICA:
INTERNACIONAL 4x4 SÃO JOSÉ-RS

Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Renda / Público: 9.922 pagantes / R$ 231.640,00

Árbitro: Daniel Soder (RS)

Assistentes: José Silveira (RS) e Marcelo Oliveira e Silva (RS)

Cartões amarelos: Aránguiz, Eduardo Sasha, Bertotto (INT), Felipe Guedes, Jô (SJO)

Gols: Vitinho, 2'1ºT (1-0), Eduardo Sasha, 28'/1ºT (2-0), Vitinho, 36/1ºT (3-0), Jô, 38/1ºT (3-1), Reinaldo, 43/1ºT (3-2), Eduardo Sasha, 25/2ºT (4-2), Jô, 30/2ºT (4-3), Rafinha, 45/2ºT (4-4)

INTERNACIONAL: Alisson; Cláudio Winck, Ernando, Paulão e Fabrício; Nilton, Aránguiz (Bertotto, 31/2T) , D'Alessandro, Vitinho (Luque, 22/2ºT) e Eduardo Sasha; Nilmar (Rafael Moura, 26/2ºT). Técnico: Diego Aguirre

SÃO JOSÉ-RS: Fábio, Bindé, Léo Kanu, Rafael Goiano e Brida; Roberto, Felipe Guedes, Rafinha e Rafael Carrilho; Jô (Collazo, 36/2ºT) e Reinaldo (Heliardo, 18/2T). Técnico: Gilson Maciel