icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
06/11/2014
12:34

O Palmeiras manteve o excelente retrospecto de estreias vitoriosas no NBB ao superar, na quarta-feira, o campeão da Liga Ouro 2014 e estreante Rio Claro, por 75 a 72. Jogando fora de casa, o time da capital paulista abriu boa vantagem no início da partida, permitiu a reação do adversário, mas foi capaz de segurar a pressão para sair de quadra vencedor.

Nas outras duas edições do NBB, o Palmeiras saiu de quadra com a vitória nas duas partidas de abertura em que esteve envolvido. A primeira vencendo o Suzano no NBB5 e na temporada passada, iniciou sua trajetória no campeonato com uma vitória importante contra o Bauru, fora de casa.

O alviverde paulista contou com ótimas atuações do armador Neto, cestinha do jogo com 20 pontos, e do pivô norte-americano Steven Toyloy, autor de um duplo-duplo de 12 pontos e 12 rebotes. Pelo Rio Claro, o ala/armador Duda Machado e o armador Eric Tatu se destacaram com 17 pontos cada um.

O Jogo

Sem se intimidar com a pressão dos estreantes, o Palmeiras logo assumiu a frente do placar (5 a 0). Um pouco nervosos em quadra, o Rio Claro demorou três minutos para fazer a primeira cesta no NBB, que saiu das mãos do armador Eric Tatu. Mesmo pontuando, os donos da casa demoraram para engrenar na partida e o adversário, liderado pelo armador Neto, autor de 11 pontos na etapa inicial, aproveitou para segurar a frente do marcador durante todo o primeiro quarto (21 a 18).

As duas equipes voltaram para o segundo quarto com a mão quente e os tiros de 3 pontos começaram a cair. Os donos da casa ameaçaram uma reação no início do período, mas o Palmeiras conseguiu controlar os ânimos dos rio-clarenses. O alviverde chegou a abrir 13 pontos de vantagem (40 a 27), mas permitiu dois ataques rápidos no final do período para que o time do interior de SP baixou a diferença para oito pontos (40 a 32).

O equilíbrio se manteve durante todo o terceiro quarto. O Rio Claro chegou a encostar algumas vezes no placar, mas o Palmeiras, mais uma vez, soube controlar a ansiedade e a pressão do adversário para manter os oitos pontos de frente (58 a 50).

O Palmeiras segurou a pressão da equipe mandante até o início do último período. Após um lance de três pontos, numa cesta seguida de falta no pivô Estevam, o Rio Claro empatou o confronto por 58 a 58. Com 11 pontos somente na quarta etapa, Estevam foi o grande destaque dos rio-clarenses, mas nem a atuação do experiente jogador fez com que o time da casa conseguisse virar o placar.

Por inúmeras oportunidades o Rio Claro ficou perto de conseguir passar a frente do marcador, mas o Palmeiras foi capaz de segurar a dianteira do jogo. Faltando 40 segundos para o final da partida, o alviverde do Palestra Itália vencia por 70 a 68 e o ala da equipe do interior paulista, Caio Ranches, foi para os lances livres e acertou apenas um dos dois arremessos. No ataque seguinte, Neto recebeu falta e converteu os dois tiros livres abrindo três pontos de vantagem (72 a 69). O Rio Claro até teve a última posse de bola, mas o ala Duda não conseguiu converter a chance final.