icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/07/2013
19:58

Um dos principais jogadores da Argentina dos últimos anos teve seu jogo de despedida neste sábado. O ex-apoiador Ortega foi homenageado por mais de 60 mil torcedores no Monumental de Núñez em partida do time atual do River Plate, contra um de ex-jogadores do próprio clube, em que estava o "Burrito", com 39 anos e 22 de carreira.

Dentro de campo, as lembranças não serão das melhores. O time em que estava Ortega perdeu por 8 a 2. Ao seu lado estavam antigos astros como Gallardo, Saviola, Astrada, Sorín e Francescoli. O resultado não foi suficiente para tirar a alegria do argentino.

- Não tenho palavras. Pensei em falar mil coisas, mas só posso agradecer. E dar graças a Deus por me fazer torcedor do River, que tem esta camisa sagrada que eu amo. Obrigado por me proporcionarem isto, obrigado aos meus companheiros - disse Ortega, após assistir a um vídeo no Monumental.

O ex-jogador teve três passagens pelo River. Na primeira, logo após se profissionalizar, ficou entre 1991 e 1996. Neste período, ganhou quatro Aperturas e uma Copa Libertadores. Nas outras duas (entre 2000 e 2002, e 2006 e 2012), levou dois Clausuras.

Jogou ainda por Valencia, Sampdoria, Parma, Fenerbahçe, Newell's Old Boys, Independiente Rivadavia, All Boys e Defensores de Belgrano. Pela seleção, fez 87 jogos e marcou 17 gols.

Um dos principais jogadores da Argentina dos últimos anos teve seu jogo de despedida neste sábado. O ex-apoiador Ortega foi homenageado por mais de 60 mil torcedores no Monumental de Núñez em partida do time atual do River Plate, contra um de ex-jogadores do próprio clube, em que estava o "Burrito", com 39 anos e 22 de carreira.

Dentro de campo, as lembranças não serão das melhores. O time em que estava Ortega perdeu por 8 a 2. Ao seu lado estavam antigos astros como Gallardo, Saviola, Astrada, Sorín e Francescoli. O resultado não foi suficiente para tirar a alegria do argentino.

- Não tenho palavras. Pensei em falar mil coisas, mas só posso agradecer. E dar graças a Deus por me fazer torcedor do River, que tem esta camisa sagrada que eu amo. Obrigado por me proporcionarem isto, obrigado aos meus companheiros - disse Ortega, após assistir a um vídeo no Monumental.

O ex-jogador teve três passagens pelo River. Na primeira, logo após se profissionalizar, ficou entre 1991 e 1996. Neste período, ganhou quatro Aperturas e uma Copa Libertadores. Nas outras duas (entre 2000 e 2002, e 2006 e 2012), levou dois Clausuras.

Jogou ainda por Valencia, Sampdoria, Parma, Fenerbahçe, Newell's Old Boys, Independiente Rivadavia, All Boys e Defensores de Belgrano. Pela seleção, fez 87 jogos e marcou 17 gols.