icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
25/02/2015
01:27

O Sporting Cristal recebeu, nesta terça, o Deportivo Táchira em Lima e empatou por 1 a 1. A partida, que se encaminhava para uma vitória fácil dos mandantes, tomou contornos dramáticos no fim. Castigado pelo empate, aos 42 da segunda etapa, o Cristal teve um pênalti logo após, aos 44, mas desperdiçou a chance de se isolar na segunda colocação do Grupo 8.

Atuando em casa, os peruanos dominaram a maior parte do jogo, mas chegavam com pouca contundência. Mesmo com chute despretensioso de Rojas, o Táchira não ameaçava a meta peruana.

Lobatón respondeu e bateu para a defesa do goleiro Liebeskind. Logo após, Ávila cabeceou e o goleiro defendeu novamente. Aos 26, após boa trama, Lobatón chutou duas vezes para vencer o arqueiro do time venezuelano. 

Sem forças o Táchira seguiu sendo dominado, mas no segundo tempo assustou os visitantes. No entanto, quando a partida se encaminhava para a vitória simples dos mandantes, Gonzales cobrou falta com maestria, aos 42, e igualou o placar.  Aos 45, um pênalti duvidoso. Rojas atingiu com o pé um atleta do Sporting Cristal. Sheput cobrou e Liebeskind defendeu e assegurou o empate heroico no fim. 

Com o resultado, os venezuelanos somam o primeiro ponto na fase de grupos, mas segue na lanterna da chave. Já o Sporting chega aos dois pontos e segue na vice-liderança, atrás do Racing, com 6.