icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/06/2014
20:59

Com uma equipe já eliminada e a outra classificada, a partida entre Costa Rica e Inglaterra, marcada para às 13h de terça-feira, no Mineirão, tem poucos atrativos além de saber em qual posição os costarriquenhos terminarão no grupo. Por isso, a partida ficará marcada como a despedida de Steven Gerrard e Frank Lampard do English Team. De forma melancólica, será o adeus de dois dos últimos representantes de uma geração que prometia muito, mas fracassou pela seleção.

Além de Gerrard e Lampard, outros nomes importantes como Scholes, Beckham, Owen, Terry, Ashley Cole e Carragher surgiram praticamente na mesma época e conquistaram tudo por seus respectivos clubes. Mas quando o assunto era seleção, a coisa desandava.

Foram muitas decepções desde a Copa de 1998, a primeira competição internacional disputada por alguns desses jogadores. Mas naquela ocasião, a campanha foi até boa. Porém, a expulsão de David Beckham - então com 23 anos - no segundo tempo das quartas de final contra a Argentina, diminuiu a força dos ingleses, que conseguiram segurar o ímpeto argentino na prorrogação, mas foram derrotados nos pênaltis - a eterna maldição da Inglaterra.

Na Eurocopa de 2000, a Inglaterra foi eliminada na primeira fase. No Mundial de 2002, perdeu para o Brasil, que seria o campeão. Na Euro de 2004, já com Rooney, eliminação para Portugal - também nos pênaltis - nas quartas de final. Dois anos depois, talvez a maior decepção do English Team nos últimos anos. Não pelo resultado - foi eliminado por Portugal, novamente nos pênaltis -, mas pelo potencial que aquela seleção tinha, com Lampard, Gerrard, Owen e Beckham em ótima fase, além de Rooney, Terry, Ferdinand e Joe Cole.

E depois da maior decepção, a maior vergonha. Comandada pelo limitado Steve McClaren, não chegou nem a Eurocopa de 2008, após falhar nas eliminatórias. Na Copa de 2010, eliminação para a arquirrival Alemanha nas oitavas, num jogo polêmico em que um chute de Lampard entrou, mas o juiz não validou o gol. Na Euro de 2012, novo fracasso nos pênaltis. Desta vez contra a Itália, nas quartas.

A partir de agora, os ingleses terão que procurar novos ídolos e referências. Chamberlain, Sterling, Barkley, Lallana e Sturridge - os três últimos serão titulares - são alguns dos candidatos a tentar ajudar Rooney e fazer com que a seleção da Terra da Rainha finalmente vença algo - o que não acontece desde o longínquo ano de 1966.

FICHA TÉCNICA
COSTA RICA X INGLATERRA

Local: Mineirão, Minas Gerais (MG)
Data-Hora: 24/6/2014 - 13h (de Brasília)
Árbitro: Djamel Haimoudi (ALG)
Auxiliares: Redouane Achik (MAR) e Abdelhak Etchiali (ALG)

COSTA RICA: Navas; Miller, Duarte e González; Gamboa, Tejeda, Brenes, Bolaños e Diaz; Ruiz e Campbell - Técnico: Jorge Luis Pinto.

INGLATERRA: Ben Foster; Jones, Cahill, Smalling e Shaw; Lampard e Wilshere; Milner, Barkley e Lallana; Sturridge - Técnico: Roy Hodgson.