icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/03/2014
16:21

Na conta do Campeonato Carioca o Flamengo levou mais três pontos na vitória por 2 a 0 contra o Bonsucesso na quarta-feira, em Volta Redonda, se mantendo na liderança do torneio. Em contrapartida, na conta bancária do clube, um saldo negativo de R$ R$ 63.785,68, dívida divulgada no borderô da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ) referente aos valores operacionais da partida válida pela 12ª rodada do Estadual. Os números, entretanto, não somam as despesas de viagem e hospedagem.

Mesmo não sendo o mandante da partida, o Flamengo teve de assumir integralmente a dívida do confronto, assim como prevê o regulamento do campeonato, no artigo 77, parágrafo 4º. O jogo contou apenas com 350 pagantes, e 456 presentes, com uma renda de R$ 11.710,00. No confronto, a receita líquida teve um déficit de R$ 57.435,68 somado com as custas de antidopping, que é de R$ 6.350,00.

Neste Carioca, o Flamengo também já havia jogado com um público bastante reduzido. Em jogo da sexta rodada, o Rubro-negro venceu o Boavista por 5 a 2 diante de apenas 991 pagantes, em Moça Bonita. Além deste, apenas 2.487 torcedores pagaram para assistir Flamengo e Madureira, no Maracanã, pior púbico do estádio desde a reabertura, no meio de ano passado.

Confira na íntegra o parágrafo 4º do artigo 77.

"Nas partidas em que qualquer dos clubes, que não os chamados grandes, for detentor do mando de campo e obrigado jogar fora do seu estádio com um dos clubes grandes (Flamengo, Vasco, Fluminense e Botafogo), em função de transmissão de televisão, o déficit apurado no borderô da partida será suportado integralmente pelo clube grande que for seu adversário na partida correspondente."