icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/04/2014
09:25

Era para ser apenas mais um jogo da Euroliga de Basquete. Entretanto, o confronto entre Barcelona e Laboral Kutxa, disputado em Barcelona (ESP), na última quinta-feira, ficou marcado pela novidade apresentada pelos jogadores, que utilizaram o "Google Glass".

A partida foi a primeira da história da competição em que os atletas adotaram este recurso. O armador brasileiro Marcelinho Huertas, do Barça, usou o item durante o aquecimento da equipe em quadra. Com isso, a torcida pode acompanhar as ações dos jogadores através de seus próprios olhos.

O argentino Andrés Nocioni, do Laboral, fez o mesmo que Huertas. Durante a partida, um dos árbitros utilizou o moderno óculos, enquanto um atleta do banco de reservas do Barcelona também ficou com a peça, para permitir o entretenimento dos torcedores no ginásio catalão.

O Barcelona perdeu a partida por 97 a 86. Huertas, que esteve em quadra por 27 minutos, anotou 15 pontos, pegou três rebotes e deu cinco assistências. Nocioni foi o cestinha da partida, com 37 pontos.

Apesar da derrota, o Barça, que tem 12 vitórias e duas derrotas, garantiu vaga nas quartas de final da Euroliga, como primeiro colocado do grupo E, que ainda tinha outras sete equipes. Olympiacos, Panathinaikos e o Milan também se classificaram neste grupo.

No Grupo F, ainda falta definir um dos quatro classificados na última rodada. Atualmente, CSKA Moscou, Real Madrid e Maccabi Tel Aviv já garantiram vaga. As quartas de final serão em melhor de cinco jogos, entre 15 e 25 de abril.

O Final Four da Euroliga será em Milão, entre 16 e 18 de maio. Vale lembrar que o campeão enfrenta o Flamengo, campeão da Liga das Américas, na Copa Intercontinental.