icons.title signature.placeholder Felippe Rocha
01/11/2014
11:08

O quarto jogo sem vitória do Vasco na Série B acabou com a paciência de alguns torcedores. Um grupo de dez pessoas foi ao Aeroporto Antônio Carlos Jobim (Galeão) na manhã deste sábado para receber os jogadores e o clima foi de graves ameaças.

- Vocês vão ver o inferno - disse um dos manifestantes.

Por pouco não houve agressões físicas. O meia Douglas foi o principal alvo do grupo, e seguranças do clube e do aeroporto precisaram intervir para que nada mais grave acontecesse.

Atendendo pedido de um dos cruz-maltinos, o zagueiro Luan até tentou dialogar, mas os ânimos se exaltaram novamente e o defensor foi retirado da confusão.

- Não vai ter conversa - disse outro.

Após o empate desta sexta-feira, em 1 a 1, com o Paraná, o Vasco chegou a 56 pontos na Série B, mas passa a ser ameaçado por rivais na briga pelo G4. O próximo desafio é contra o ABC, neste sábado, no Maracanã.