icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
17/06/2014
08:21

A Copa do Mundo está no Brasil. Porto Alegre é uma das sedes. E ainda há pessoas que correm atrás de ingressos para acompanhar os jogos no Beira-Rio. Mas entre os interessados não estão aqueles mais acostumados a desfilar pelo gramado da casa colorada. Os jogadores do Internacional não demonstram excitação em assistir às partidas das arquibancadas.

Os motivos são diversos, certamente. Alguns preferem a companhia da família e o conforto de seus sofás, em aparelhos de televisão de alta definição. Outros simplesmente não estão acostumados a torcer nas arquibancadas. É o caso do zagueiro Paulão, que afirma que não consegue nem assistir aos jogos do Inter no estádio.

- Não vi ingressos para ir nos jogos, prefiro ficar em casa assistindo. Não sou fã de estádio, mesmo quando é a minha equipe, é uma sensanção estranha estar no estádio e não jogar. É muito louco, evita isso. Acompanho de casa. O que podemos, por conta dos horários dos treinamentos - comentou Paulão.

O lateral-direito Gilberto também não buscou ingressos para os jogos no Beira-Rio. Os jogadores poderiam estar "em casa" em França e Honduras, neste domingo, Holanda e Austrália, na próxima quarta, e Coreia do Sul e Argélia, no próximo domingo.

- Eu particularmente não gosto de ir no estádio, só para assistir aos jogos da minha equipe. Prefiro assistir em casa, com a minha família para ver o jogo, minha namorada está aqui e prefiro ver assim - comentou o camisa 2 colorado.

Durante o Brasileirão, D'Alessandro foi outro a se manifestar nesse sentido. Perguntado se iria ao jogo da Argentina no Beira-Rio - o que nem seria possível, já que o Inter viaja para Florianópolis dia 24 -, o camisa 10 colorado disse que não iria assistir ao jogo também. Neste caso, há ainda o caso dele não ter sido mais chamado por Alejandro Sabella após um Superclássico que não pode jogar, por estar machucado.