icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/03/2014
10:40

Na madrugada deste domingo, a Gaviões da Fiel desfilou no Sambódromo do Anhembi com Ronaldo sendo homenageado no samba-enredo. Durante a passagem da Escola de Samba da maior organizada do Timão, alguns atletas do Corinthians curtiam a folia no camarote. Renato Augusto e Danilo evitaram falar da invasão ao centro de treinamento no início do mês passado.

O meia Renato Augusto disse que só estava lá para curtir e não foi convidado para desfilar:

- Não, na verdade eu nunca fui chamado. Eu vim ano passado também e a gente veio só para assistir - afirmou.

O outro meia do Timão, Danilo, não associou a Escola de Samba aos invasores do CT Dr. Joaquim Grava:

- Acho que não, não tem nada a ver. Estamos aqui para torcer e pelo o que eu vi, está muito bonito. Estamos aqui pra torcer pra Gaviões vencer e fazer um bom desfile - disse o jogador, que ainda completou:

- Lógico que não, a gente sabe que isso aí não é todo mundo (sobre invasão ao CT). A torcida é muita gente, e o Corinthians sem a torcida não é ninguém, nós precisamos deles e eles precisam da gente também. A torcida que fez o Corinthians ganhar até hoje, então acho que não tem nada a ver. Estamos aqui para torcer para eles do mesmo jeito que eles torcem para a gente lá - afirmou.

Ronaldo, homenageado no samba enredo da Gaviões, apareceu no último carro alegórico da Escola. Após o desfile o atacante, destaque da conquista do pentacampeonato da Seleção Brasileira em 2002, falou emocionado após o fim do desfile:

- Foi demais, estou rouco de tanto cantar. O mais bacana foi ver a reação da galera. É demais. Nunca senti essa emoção. Só tenho agradecer ao público da avenida e de casa. Estou muito emocionado em desfilar com a minha família - disse o ex-camisa 9 à TV Globo.

No camarote, Danilo minimiza problema com a torcida