icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/11/2013
08:03

Em meio à chateação pela saída de Tite, alguns jogadores do Corinthians já comentaram a chegada de Mano Menezes para o seu lugar em 2014. Depois do empate em 0 a 0 contra o Vasco, na tarde de domingo, no Pacaembu, Renato Augusto e Ralf, que chegaram à Seleção Brasileira por meio do novo comandante, fizeram elogios.

Na saída dos vestiários após o duelo, válido pelo Campeonato Brasileiro, todos os atletas se disseram chateados com a não renovação de contrato do atual comandante alvinegro, que tem vínculo no Parque São Jorge somente até o dia 31 de dezembro.

– Acho uma boa a chegada dele. É do mesmo nível do Tite. Reencontrar ele vai ser legal, foi quem me levou para a Seleção e acreditou em mim. Não sei se vem, é coisa da diretoria, mas se vier vai ser muito bom para o Corinthians – disse Renato Augusto.

Já Ralf evitou falar pelo restante do elenco, mas, além de lamentar a saída de Tite, falou dos tempos que trabalhou com Mano. Além da Seleção, os dois estiveram juntos no próprio Corinthians em 2010.

– Se nós jogadores pudéssemos, brigaríamos com quem fosse para o Tite ficar. Mas isso é coisa que fica com a diretoria - afirmou.

- Só posso falar por mim. Eu respeito muito o Mano Menezes. Cheguei na Seleção com ele, tenho muito respeito pelo trabalho dele. É um grande treinador - completou o camisa 5.