icons.title signature.placeholder Luiz Signor
29/03/2014
13:50

O mais importante evento-teste da Arena da Amazônia projetando a Copa-2014 se aproxima. O evento em questão será o duelo entre Resende e Vasco, na próxima quinta-feira, pela primeira fase da Copa do Brasil. E no que depender dos jogadores que disputam a IV Copa Brasil de Beach Soccer, realizada no Complexo Turístico de Ponta Negra, às margens do rio Negro, em Manaus, a Arena está mais do que aprovada.

Em visita realizada nesta sexta-feira com a reportagem do LANCE!Net, os atletas puderam observar de perto os últimos detalhes sendo ajustados para o terceiro evento-teste da Arena, que, pela primeira vez, oferecerá as arquibancadas superiores.

– A Arena está bem legal, com um gramado excelente. Eles farão um ótimo espetáculo – disse o atacante Jorginho, do Vasco.

Foram colocados 40 mil ingressos à venda, sendo que 20 mil já foram adquiridos. Casa cheia à vista uma boa oportunidade para que a parte operacional da Arena seja testada como espera a Fifa.

– Será um evento oficial da Copa. A Arena está funcionando relativamente bem, encontramos apenas alguns problemas pontuais e, nesse jogo, poderemos testar todas as equipes operacionais, o que é a nossa grande preocupação – disse Miguel Capobiango, coordenador da Unidade Gestora dos Projetos da Copa (UGP-Copa), ao L!Net.

Além de Jorginho, Bruno Xavier (Flamengo), Toinho (Fluminense), Zé Boca (Avaí), Datinha (Sampaio Corrêa), Reyder (Vitória), Fernando DDI (Sport), Osmar e Maradona (ambos do Manaus EC) estiveram presentes na visita. Apenas Botafogo e Vila Velha não liberaram atletas. Resta saber se a Arena também será aprovada na próxima quinta.

UMA EMOÇÃO 'DIFERENTE' DURANTE VISITA

Um dos jogadores mais impressionados com a Arena da Amazônia durante a visita foi o defensor Bruno Xavier, eleito o Melhor Jogador do Mundo no Beach Soccer em 2013 e que, atualmente, defende o Flamengo. O clima da Copa do Mundo, segundo ele, já está presente no estádio manauara.

– Ver esse estádio, o gramado e o vestiário é sentir um pouco da emoção da Copa que está por vir. Nós, como jogadores, estamos acostumados, mas hoje (ontem) deu um sentimento diferente – disse ele, enquanto admirava a beleza da obra.

Muitos operários trabalhavam em diversos pontos da Arena, cuja obra está 98,59% concluída. A área da zona mista já está recebendo os últimos reparos para ficar à disposição da imprensa para o jogo de quinta. O gramado, durante a visita, recebia tratamento. Após apresentar algumas falhas, o mesmo está em ótimas condições para receber o duelo entre Resende e Vasco.

Orçada em R$ 669,5 milhões, a Arena da Amazônia tem capacidade para 44,5 mil torcedores e recerá quatro partidas da Copa Mundo, todas da primeira fase: Inglaterra x Itália, no dia 14 de junho, Camarões x Croácia, dia 18, Estados Unidos x Portugal no dia 22 e, por fim, Honduras x Suíça no dia 25.

* O repórter viaja a convite da organização da IV Copa Brasil de Clubes de Beach Soccer.