icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/12/2013
19:28

Para manter a invencibilidade na Superliga Feminina, o Molico/Osasco terá de superar alguns nomes consagrados do vôlei brasileiro nesta sexta-feira. O próximo desafio das comandadas de Luizomar de Moura é contra o Brasília Vôlei, às 21h30, no Ginásio José Liberatti, pela 12ª rodada.

Do outro lado da quadra, Paula Pequeno, Érika, Elisângela e Dani Scott farão de tudo para segurar o embalo do líder invicto da competição. Todas carregam no currículo grandes conquistas por suas seleções. Por isso, a levantadora Fabíola já espera por uma dura batalha em quadra.

– Será um confronto difícil, porque o Brasília está subindo na tabela e tem muitas jogadoras experientes, com história vitoriosa no voleibol. Então, tem tudo para ser um jogo muito complicado e teremos que estar bem concentradas para manter a invencibilidade e a construção da equipe – disse.

Quem também exalta os pontos fortes do time do Distrito Federal é a líbero Camila Brait. A líbero sabe que terá trabalho para defender os ataques potentes das medalhistas olímpicas.

– São jogadoras experientes e que passaram por Seleção. Portanto, sabemos que não vão se abalar se estiverem em dificuldades. Temos que ser agressivos e consistentes durante o jogo todo – destacou a jogadora.

O Brasília vem de vitória sobre o Sesi e ocupa a sétima colocação na tabela, com 18 pontos. O time venceu cinco partidas em 11 jogos até aqui. O Molico lidera o campeonato com 31.