icons.title signature.placeholder João Pires
20/12/2013
12:04

Brasília Vôlei e Molico/Osasco se enfrentam nesta sexta-feira, às 21h30, em Osasco (SP), em partida que coloca frente a frente uma equipe em evolução na Superliga e o líder da competição invicto, respectivamente. Time com maior média de idade do torneio, o Brasília sabe que precisará jogar o seu melhor vôlei para desbancar a equipe da oposto Sheilla e da central Thaisa.

- Dá para vencer. Temos que jogar o nosso máximo e torcer para elas não estarem em uma noite muito inspirada. Já que, na minha opinião, esse time do Osasco é o melhor da superliga. Temos que jogar sem errar e passar a responsabilidade para elas - comentou a ponteira Elisângela, oitava maior pontuadora da atual edição da Superliga.

Outra experiente jogadora do Brasília, Paula Pequeno vai rever a equipe de Osasco, onde ela atuou por quase dez anos, sendo tricampeã da Superliga com o time. A bicampeã olímpica também joga a responsabilidade para o rival.

- Osasco sempre foi e sempre vai ser um time forte. Joguei por dez anos lá, sei a força técnica que eles têm, do apoio da torcida e sei como ninguem que será dificil, mas ao mesmo tempo acredito muito no nosso time e no nosso crescimento. Elas têm obrigação de ganhar esse jogo e a nossa missão é jogar muito bem e evitar que isso aconteça - falou Paula.

O Brasília Vôlei ocupa a sétima posição na Superliga, com 18 pontos. Por outro lado, o Molico/Osasco ainda não perdeu e soma 31 pontos. O duelo será válido pela 12ª rodada.