icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/11/2014
13:50

Poucos dias depois de sofrer racismo da torcida do O'Higgins, o venezuelano Emilio Renteria voltou a sofrer com a discriminação. Desta vez, o jogador do San Marcos, após fazer um gol em cima do Deportes Iquique no fim de semana passado, ouviu ofensas que vinham da arquibancada, além de barulhos referentes a macacos. Ele não se conteve e acabou chorando em campo.

O incidente começou no fim do primeiro tempo, quando Renteria marcou um gol e comemorou dançando. No momento vieram as ofensas, e logo o árbitro interrompeu o jogo e pediu para que os gritos parassem. Antes de a bola voltar a rolar, o jogador começou a chorar, e teve que ser consolado por companheiros e até adversários. Neste momento, a torcida do San Marcos passou a gritar o nome do atacante.

Porém, não adiantou muito, já que alguns membros torcida rival voltaram a ofender Renteria no segundo tempo, e o árbitro até voltou a interromper o jogo. No fim, vitória do San Marcos por 1 a 0.