icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/11/2014
07:51

O técnico Joel Santana ainda não sabe qual será o seu futuro após o jogo contra o Avaí, sábado, no último compromisso do Vasco na temporada. Entre boatos de que pode permanecer ou sair, o treinador prefere dizer apenas que cumpriu sua missão em recolocar o time na elite, e garante que não teve nenhuma conversa sobre o futuro. A tendência é que algumas definições comecem a acontecer na próxima semana, quando Eurico Miranda assume a presidência.

O futuro presidente, aliás, tem bom relacionamento com Joel. Os dois já trabalharam juntos por algumas vezes, inclusive, no último título brasileiro da equipe, em 2000, quando o comandante pegou a equipe na semifinal do torneio.

– O presidente nem assumiu ainda, só assume dia 2. Quando ele assumir, vai decidir. Em todas as outras vezes que vim para cá foi com o doutor Eurico. Não estou preocupado. Cumpri minha missão. É que nem pagar promessa, é questão de honra – explicou.

Diante desta indefinição, Joel Santana evita dizer explicitamente que pretende continuar no Vasco, mas a todo instante dá a entender que este é o objetivo e que agora é hora de comer o filé. Aliás, ele sempre faz questão de ressaltar o bom relacionamento com o futuro presidente do clube.

– Trabalhar em clube de ponta é sempre um presente. Estamos acostumados a isso e vivi situações boas aqui dentro com o próprio Eurico. Uma vez ele me ligou, disse que precisava de mim no dia seguinte e conquistamos dois títulos em uma semana. Com a gente era assim. Não precisa falar mais nada, não é? – frisou o treinador.

No contrato que fez quando assumiu o Vasco, estava previsto um vínculo até o fim do ano. E só!