icons.title signature.placeholder Alyson Gonçalo e Marcio Porto
icons.title signature.placeholder Alyson Gonçalo e Marcio Porto
01/07/2013
16:49

A lista de dispensas e saídas do Santos aumentam a cada momento. Desta vez quem acertou o adeus foi o meia João Pedro, 21 anos, que rescindiu contrato com a equie alvinegra e acertou transferência para o Estoril, de Portugal.

O jogador, que tinha contrato de empréstimo com o Peixe até o dia 30 de dezembro de 2014 - ele pertence ao Desportivo Brasil, clube gerido pela Trafficc - , acertou com o clube português por um ano. Ele disputará a Liga Europa com a sua nova equipe.

A saída de João Pedro não rendeu um centavo ao Santos. Vale lembrar que, em sua chegada, no meio do ano passado, o Peixe gastou R$ 700 mil para adquirir 30% dos seus direitos.

Nas últimas semanas, ele foi afastado do elenco santista e vinha treinando em horários alternativos, ao lado do lateral Guilherme Santos. O motivo do afastamento, no entanto, não foi justificado pelos dirigentes.

Ao longo de um ano e meio no Peixe, o jogador não conseguiu se firmar na equipe titular e atuou em apenas dez partidas oficiais, tendo marcado nenhum gol.

A lista de dispensas e saídas do Santos aumentam a cada momento. Desta vez quem acertou o adeus foi o meia João Pedro, 21 anos, que rescindiu contrato com a equie alvinegra e acertou transferência para o Estoril, de Portugal.

O jogador, que tinha contrato de empréstimo com o Peixe até o dia 30 de dezembro de 2014 - ele pertence ao Desportivo Brasil, clube gerido pela Trafficc - , acertou com o clube português por um ano. Ele disputará a Liga Europa com a sua nova equipe.

A saída de João Pedro não rendeu um centavo ao Santos. Vale lembrar que, em sua chegada, no meio do ano passado, o Peixe gastou R$ 700 mil para adquirir 30% dos seus direitos.

Nas últimas semanas, ele foi afastado do elenco santista e vinha treinando em horários alternativos, ao lado do lateral Guilherme Santos. O motivo do afastamento, no entanto, não foi justificado pelos dirigentes.

Ao longo de um ano e meio no Peixe, o jogador não conseguiu se firmar na equipe titular e atuou em apenas dez partidas oficiais, tendo marcado nenhum gol.