icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
31/07/2013
14:41

Após fazer o terceiro melhor tempo na semifinal dos 50m peito no Mundial de Esportes Aquáticos de Barcelona, o brasileiro João Gomes Jr. não conseguiu manter seu ritmo na prova e terminou a prova na quinta colocação. O atleta fez o tempo de 27s20.

- Acho que eu dei meu máximo. Como eu disse antes, batalhei até o fim, ninguém sabe o que eu passei para chegar aqui. É levantar a cabeça e fazer tudo de novo. Os 50m é uma caixinha de surpresa. Na hora, é quem quer mais, quem está com mais garra - comentou.

O sul-africano Cameron van der Burgh, recordista mundial da prova, levou a medalha de ouro, com 26s77. Christian Sprenger, da Austrália, ficou com a prata (26s78), e Giulio Zorzi, também da África do Sul, ficou com o bronze (27s04).

João Gomes Jr. nadou a sua segunda prova no Mundial. Nos 100m peito, não conseguiu passar da fase semifinal. Ele viu o seu compatriota Felipe Lima ficar com a medalha de bronze. Nos 50m, a situação se inverteu. João foi à final e Felipe caiu na fase anterior.

Joanna Maranhão não avança

A brasileira Joanna Maranhão não conseguiu avançar para a final dos 200m borboleta. Com um tempo bem abaixo das eliminatórias, quando estabeleceu 2m11s14, Joanna conseguiu apenas 2m14s07. Marca suficiente somente para a ficou com a 16ª posição.

- Queria ter nadado melhor. Eu estava exausta, não conseguia tirar o braço da água. Sei lá. Paciência - disse Joanna, que ainda disputará os 400m medley no Mundial de barcelona.

Após fazer o terceiro melhor tempo na semifinal dos 50m peito no Mundial de Esportes Aquáticos de Barcelona, o brasileiro João Gomes Jr. não conseguiu manter seu ritmo na prova e terminou a prova na quinta colocação. O atleta fez o tempo de 27s20.

- Acho que eu dei meu máximo. Como eu disse antes, batalhei até o fim, ninguém sabe o que eu passei para chegar aqui. É levantar a cabeça e fazer tudo de novo. Os 50m é uma caixinha de surpresa. Na hora, é quem quer mais, quem está com mais garra - comentou.

O sul-africano Cameron van der Burgh, recordista mundial da prova, levou a medalha de ouro, com 26s77. Christian Sprenger, da Austrália, ficou com a prata (26s78), e Giulio Zorzi, também da África do Sul, ficou com o bronze (27s04).

João Gomes Jr. nadou a sua segunda prova no Mundial. Nos 100m peito, não conseguiu passar da fase semifinal. Ele viu o seu compatriota Felipe Lima ficar com a medalha de bronze. Nos 50m, a situação se inverteu. João foi à final e Felipe caiu na fase anterior.

Joanna Maranhão não avança

A brasileira Joanna Maranhão não conseguiu avançar para a final dos 200m borboleta. Com um tempo bem abaixo das eliminatórias, quando estabeleceu 2m11s14, Joanna conseguiu apenas 2m14s07. Marca suficiente somente para a ficou com a 16ª posição.

- Queria ter nadado melhor. Eu estava exausta, não conseguia tirar o braço da água. Sei lá. Paciência - disse Joanna, que ainda disputará os 400m medley no Mundial de barcelona.