icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/07/2014
17:11

De volta ao time do Botafogo na partida contra o Coritiba, neste sábado, às 21h, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, depois de ter disputado a Copa do Mundo, Jefferson saiu em defesa do jovem Andrey, seu substituto na partida do meio de semana contra o Sport. O goleiro alvinegro comentou o gol sofrido pelo companheiro diante dos pernambucanos, isentando o colega da culpa pela derrota por 1 a 0. Para o capitão botafoguense, o tento, anotado em um chute efetuado pouco à frente da linha do meio-campo, foi conseguido por qualidade do atacante Neto Baiano.

- Temos que ver por dois lados. O Andrey é novo, mas tem muita personalidade e na base já jogava adiantado. Não podemos tirar o mérito do chute, foi praticamente perfeito. Mas esse lance serviu para ele amadurecer, com certeza vai crescer. Eu disse a ele para não mudar, mas tem que encontrar o jeito certo. Tudo é experiência e maturidade. Não podemos colocar a responsabilidade toda em cima de um jogador de 21 anos, os mais experientes que têm que colocar a cara à tapa - disse Jefferson, em entrevista coletiva, na noite de sexta-feira, no Engenhão.

Com campanha muito ruim no Brasileirão, onde ocupa a 14ª colocação na tabela de classificação, com nove pontos, o Botafogo, na opinião de Jefferson precisa mudar a postura para fugir da zona de rebaixamento. Na opinião dele, os jogadores precisam ter mais equilíbrio para suportarem o momento ruim.

- A minha liderança é interna. O que eu conseguir acrescentar, vou fazer. Pensamos em fazer uma reunião, mexer com o psicológico da equipe mesmo. Às vezes o time tem abatimento quando leva gol. Existem maneiras de incentivar os companheiros, e sei do peso das minhas palavras no clube - afirmou o goleiro.

O time que deve entrar em campo contra o Coritiba é: Jefferson; Lucas, Bolívar, Dória e Junior Cesar; Airton e Bolatti; Yuri Mamute, Daniel (Gabriel) e Wallyson; Zeballos.