icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
23/11/2014
13:15

O goleiro Jefferson reconheceu que tem sido sondado por outros clubes, interessados em tê-lo em 2015. No entanto, o capitão do Botafogo, que tem contrato com o clube até o fim da próxima temporada, disse que só definirá seu futuro, após se reunir com a futura diretoria do Glorioso, que será eleita na próxima terça-feira.

- Tem sondagens sim. Mas estou esperando o dia 25 de novembro para conversar com a próxima diretoria e saber o planejamento, a minha importância no projeto deles para, aí sim, abrir o leque ou fechar o leque - disse Jefferson, em entrevista à TV Globo, na manhã deste domingo. 

Em sua segunda passagem pelo Botafogo, a primeira aconteceu entre os anos de 2003 e 2005, retornando em 2009, Jefferson disputou a Copa do Mundo de 2014 com a Seleção Brasileira, sendo reserva de Julio Cesar. Agora, sob o comando de Dunga, o jogador se firmou como camisa 1 do time canarinho. Mas este posto, segundo o goleiro, não impediria a permanência dele em General Severiano, mesmo no caso de o Alvinegro ser rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro.

- Pela grandeza do Botafogo (disputaria a Série B). Todos os goleiros gostariam de estar jogando no Botafogo, independente se é a série A ou série B. O Botafogo é grande, tem história e na série B com certeza tem mais visibilidade do que muitos times na série A. A gente sabe que é difícil, que é complicado. Mas a gente vai fazer o máximo possível pra sair dessa situação - disse o goleiro.

Na 19ª colocação na tabela de classificação do Brasileirão, com apenas 33 pontos ganhos, o Botafogo enfrenta a Chapeconense, neste domingo, às 19h30, na Arena Condá, em Chapecó, e poderá ser rebaixado à Série B nesta rodada.