icons.title signature.placeholder Felippe Rocha
03/02/2015
10:50

Se considerada a preocupação de todos ao seu redor, as perspectivas são pessimistas para Jean Patrick. Após marcar jogada de Rafael Silva, na linha de fundo, nesta terça-feira, em São Januário, o volante deixou o gramado de maca e com as mãos sobre o rosto. Aparentemente, ele sofreu uma torção no tornozelo esquerdo. Pela gravidade, ele foi direto para o hospital.

Após o ocorrido, o clima ficou pesado, médicos e massagistas correram ao local, e a atividade foi paralisada. Somente os jogadores que treinavam à parte seguiram treinando.

Antes da precoce interrupção do treinamento, o técnico Doriva intensificou as jogadas pelas laterais no treino do Vasco. Com o mesmo time da vitória de domingo, sobre a Cabofriense, o treinador parou a atividade diversas vezes, orientando como queria a movimentação, principalmente, de Madson e Montoya, pela direita, e Christiano e Bernardo, pela esquerda.

Como já vem sendo, Jean Patrick treinava pelo meio-campo no time reserva, junto a Nei, Anderson Salles, Douglas Silva e Henrique; Sandro Silva, Jean Patrick e Julio dos Santos; Marquinhos do Sul, Yago e Jhon Cley. Os titulares tiveram Madson, Luan, Rodrigo e Christiano; Serginho e Lucas; Montoya, Marcinho e Bernardo; Rafael Silva.

Jean Patrick veio do Luverdense e é a segunda lesão neste início de temporada do Cruz-Maltino. Antes dele, o também volante Guiñazú deixou a partida contra o Flamengo, pelo Torneio Super Series, pela pré-temporada, em Manaus.