icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
29/03/2014
11:47

Nem mesmo a vantagem de 3 a 0 na primeira partida da semifinal do Campeonato Carioca deixou o técnico Jayme de Almeida mais otimista para o próximo confronto com a Cabofriense, neste sábado, às 18h30, no Maracanã.

Mesmo com os cinco desfalques, Jayme vai com força total já pensando no time que irá enfrentar o Emelec (EQU), na próxima quarta-feira. Por isso, o técnico rubro-negro que a equipe atenta nos 90 minutos da partida.

- Essa vantagem que conquistamos na quarta-feira não quer dizer que vamos entrar sem atenção. O Flamengo não está classificado, vai jogar com a Cabofriense, que não conquistou essa posição por acaso. Ainda não tinham perdido para grandes, por isso temos de ter bastante humildade para saber que nosso time não é a oitava maravilha, mas conquistou as coisas trabalhando. É preciso seriedade – comentou o treinador.

Fechou o tempo! Jayme se recusa a falar de Libertadores

Pela experiência que tem no futebol, Jayme sabe da influência psicológica nos jogadores após uma grande derrota, mas garante que o time de Cabo Frio tentará recuperar o resultado.

- Já fui atleta, já perdi jogos e, quando se perde assim, dá uma desanimada. Eles são profissionais e temos que respeitar. A Cabofriense não entregou o jogo. Por isso, vamos fazer o melhor que podemos - lembrou.

Para ir à final do Estadual, o Flamengo pode até perder por dois gols de diferença. Quem vencer o confronto neste sábado, aguarda o vencedor da outra semifinal entre Fluminense e Vasco, que se enfrentam no domingo. No primeiro clássico, as duas equipes empataram em 1 a 1.