icons.title signature.placeholder David Nascimento e Pedro Leanza
06/12/2013
09:02

O Flamengo renovou na última quinta-feira o contrato do técnico Jayme de Almeida até o fim de 2015. O treinador, campeão da Copa do Brasil pelo Rubro-Negro neste ano, não fez uma alta pedida salarial para continuar no comando da equipe no próximo ano, conforme o LANCE!Net antecipou na quarta-feira. O comandante, a partir de janeiro de 2014, receberá cerca de R$ 150 mil mensais, dez vezes mais do que ganhava como auxiliar, membro da comissão técnica permanente. Jayme comentou sobre o processo de renovação e falou do planejamento para a próxima temporada.

- Na segunda-feira, a diretoria do Flamengo me falou que iria fazer uma proposta, que se concretizou na última quinta-feira com a assinatura de contrato no Ninho do Urubu. Sobre o planejamento, nós sabemos de nossas carências, estamos estudando as contratações para a próxima temporada. Mas prefiro não falar sobre quais setores serão reforçados no Flamengo. Vamos disputar uma competição a mais em 2014 e precisamos, assim, ter um elenco maior - afirmou o comandante.

Este salário faz com que Jayme de Almeida tenha um salário inferior aos dos outros três técnicos que passaram pelo Flamengo em 2013. Dorival Júnior e a comissão técnica passaram a custar R$ 1 milhão este ano. Mano Menezes, por sua vez, fechou para ganhar R$ 450 mil. Jorginho, que foi contratado após a saída de Dorival, acertou com o Rubro-Negro, na época, por R$ 250 mil.

Jayme de Almeida foi interino do Flamengo ao longo de 2012 e deste ano. Ele já comandou o Rubro-Negro em 24 partidas, conquistando 11 vitórias, oito empates e sofrendo apenas cinco derrotas, com um aproveitamento de 56,9%. Agora, Jayme continuará o planejamento para os torneios que o clube irá disputar em 2014, tendo como o principal, a Copa Libertadores no primeiro semestre.

BOLADA PARA OS ANTECESSORES DE JAYME DE ALMEIDA

Dorival Júnior
O salário do técnico em 2012 era de aproximadamente R$ 500 mil. A partir de 2013, Dorival e a comissão técnica passariam a custar cerca de R$ 1 milhão. Ele não aceitou redução proposta e foi demitido.

Jorginho
Contratado para a vaga de Dorival Júnior, Jorginho acertou por aproximadamente R$ 250 mil. Porém, não durou muito no comando do Flamengo e foi demitido em maio, com pouco menos de três meses de trabalho.

Mano Menezes
Técnico assinou por duas temporadas para ganhar R$ 450 mil. Em outubro, porém, ele pediu para sair, após derrota de virada, no Maracanã, para o Atlético-PR. Ele teve de pagar indenização ao Flamengo.