icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/11/2013
00:28

Ao apito final do jogo, a euforia era o único sentimento que tomava conta dos torcedores do Flamengo que compareceram à Vila Capanema, na noite desta quarta-feira, em Curitiba. Porém, o entusiasmo vindo das arquibancadas não atingiu Jayme de Almeida. Mesmo com o empate em 1 a 1 contra o Atlético-PR e uma boa vantagem para o jogo de volta, o técnico fez questão de manter os pés no chão.

- Não tem nada garantido. Vamos ter uma pedreira na partida de volta, no Maracanã. Nosso grupo está bem consciente, não podemos ser afoitos, achar que o título já está garantido - enfatizou o treinador rubro-negro.

Ainda de acordo com Jayme, não existe a possibilidade de o Flamengo entrar relaxado na partida da próxima quarta-feira.

- Nosso time está maduro, já demonstrou isso durante toda a Copa do Brasil. Vamos jogar com calma e a ajuda da torcida será muito importante - pontuou.

O segundo duelo da final da Copa do Brasil acontece no dia 27 de novembro, às 21h50, no Maracanã. Com o resultado na partida de ida em 1 a 1, o Flamengo poder empatar sem gols no jogo de volta para conquistar o título. Já o Furacão pode erguer a taça se conquistar um empate em 2 a 2, ou com mais gols.