icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/04/2014
19:00

O empate em 1 a 1 no clássico com o Flamengo, na tarde desde domingo, garantiu a vantagem do empate ao Rubro-Negro para ser campeão do Estadual. O resultado, porém, foi visto com bons olhos pelo técnico Jayme de Almeida.

Entretanto, o técnico rubro-negro lamentou a forma com que o time entrou em campo na primeira etapa e enalteceu o poder de reação no segundo tempo.

- Para o Flamengo, o resultado em si foi bom, pela seqência de jogos, e toda responsabilidade que tivemos. O primeiro tempo foi muito abaixo, não pela maneira de jogar, mas na postura para um clássico com o Vasco. No segundo tempo melhoramos, empatamos, com isso o Vasco se fechou e nos dificultou bastante. Tivemos duas bolas para virar o jogo, por isso tudo o empate não foi ruim. Não foi um jogo bonito, com muitas faltas. Dizem que em decisão tem que jogar feio na final, mas não acho. O jogo passou e se jogou muito pouco futebol - comentou o treinador, que não quis entrar muito na polemica da arbitragem.

- Acho que ele (árbitro Rodrigo Nunes de Sá) apitou muita falta e depois que expulsou o jogador do Vasco, quando encostávamos em um jogador deles dava falta. Podia ter expulsado antes (Everton Costa). Não sei se quis compensar e o jogo ficou feio, mas o importante é que estamos na luta e vamos jogar com o Vasco de novo.

Por conta da sequência de jogos decisivos, Jayme garantiu que ainda nem pensou em algum tipo de planejamento para a última partida da fase de grupo da Libertadores, contra o León, na quarta-feira, no Maraca.

- Serei honesto, pois ainda nem parei para pensar no León. Primeiro foi o Emelec, depois o Vasco e a amanhã veremos o León. É um time perigoso, se nós jogarmos para cima, corremos o risco de tomar gols e agora temos que pensar na Libertadores, pois será uma pedreira - disse.

O segundo jogo da decisão do Campeonato Estadual será no próximo domingo, dia 13, às 16h, no Maracanã. Se o Flamengo conseguir mais um empate, será o Campeão Carioca.

Vasco e Flamengo empatam em jogo brigado