icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/11/2014
14:30

A edição desta semana da revista alemão "Der Spiegel" garante que o presidente da Fifa, Joseph Blatter, num jantar com dirigentes da Federação Norueguesa de Futebol, teria assegurado que a Copa do Mundo de 2022 não será realizada no Qatar. O encontro teria acontecido no mês passado.

O mandatário também estaria insatisfeito com o apoio de dirigentes do país às milícias terroristas do Estado Islâmico.

E MAIS

HOME: Veja as últimas notícias do futebol internacional
Del Bosque nega pressão do Chelsea para não chamar Diego Costa

Segundo a publicação, Blatter também chamou os árabes de "arrogantes" e "pessoas quem se acham superiores por conta do dinheiro".

Com a repercussão do assunto e da polêmica,a Federação Norueguesa já adiantou que não se pronunciar. Pelo lado da Fifa, a entidade reitera que o Mundial será mesmo realizado no Qatar.