icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/04/2014
08:00

A expectativa da torcida do Internacional era de que a final do Campeonato Gaúcho, no próximo domingo, fosse disputada no Beira-Rio. Após o assunto movimentar a quarta-feira, o jogo foi confirmado para o Centenário, em Caxias do Sul. Embora prejudique o sócio colorado, em termos de resultado a mudança não é de toda ruim para os colorados, que não perdem longe de Porto Alegre há três anos.

A última derrota para o Tricolor, inclusive, aconteceu no Beira-Rio, em agosto de 2012, pelo Brasileirão. No ano passado, foram disputados dois clássicos em Caxias do Sul: uma vitória colorada por 2 a 1 e um empate em 2 a 2. Neste passado recente de mando de campo na Serra, o Inter está invicto. Houve também um duelo em Erechim, no Colosso da Lagoa, também vencido por 2 a 1 pelos vermelhos. Nas duas vitórias, os gremistas estiveram com time reserva.

- Não estamos pensando na vantagem. Queremos jogar e sabemos o que podemos fazer. Não temos que pensar nisso. É jogar e vencer. A vantagem fica de lado para sair com a vitória - comentou o volante Willians.

A última vitória colorida de azul longe de Porto Alegre foi internacional. Aconteceu no clássico de 2011, em Rivera, também com times reservas. Roger era o comandante tricolor na época. Depois, o histórico de invencibilidade colorada é bem maior. Em 2010 e 2009, o Inter venceu no Colosso da Lagoa, em Erechim. Em 2004, ganhou novamente, mas na Montanha dos Vinhedos, em Bento Gonçalves.

Na década de 90, houve apenas um duelo longe da capital, um empate também em Erechim. Em 60, jogos em Caxias, na Baixada Rubra, em 65, e em Santa Cruz, em 64. Empate e vitória colorada, respectivamente. Em 62, finalmente, uma vitória tricolor: por 2 a 1, em Rio Grande.

O Inter treinará na tarde desta quinta-feira, em trabalho fechado, no Beira-Rio. O Colorado tem apenas Juan como dúvida - o zagueiro deve atuar. A tendência de escalação tem Dida; GIlberto, Paulão, Juan (Ernando) e Fabrício; Willians, Aránguiz e Alex; D'Alessandro, Rafael Moura e Alan Patrick.