icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/07/2014
21:18

A passagem do Corinthians por Uberaba durou pouco mais de 24 horas, mas os torcedores que foram ao Estádio Municipal Engenheiro João Guido, o Uberabão, terão lembranças para o resto da vida. Logo após o encerramento da goleada por 4 a 1 sobre o Uberaba Sport Club, time da cidade, um dos portões que dão acesso ao gramado foi aberto pelos torcedores e muitos deles invadiram o gramado para tirar fotos com os jogadores. Não houve qualquer registro de violência, só mesmo a simpatia dos atletas e o fanatismo dos cerca de 30 torcedores que entraram no gramado.

A partida em Uberaba foi o segundo teste do Corinthians antes do reinício do Campeonato Brasileiro, e logo depois da partida um novo compromisso foi anunciado pelo clube: no próximo sábado, às 9h30, no CT Joaquim Grava, o Timão enfrentará o São Caetano em jogo-treino, como informou o LANCE!Net há alguns dias. Será última chance para Mano Menezes ajustar a equipe com os reforços de Elias, Ángel Romero e Anderson Martins.

Os "reforços", no entanto, não pararam por aí. A comissão técnica do Corinthians apresentou um novo membro no banco de reservas neste domingo, que é o médico Ivan Grava, filho de Joaquim Grava e contratado pelo departamento médico do clube.

BOM TESTE?

O nível do Uberaba Sport Club, adversário do Timão neste domingo, foi alvo de perguntas de jornalistas da região ao técnico Mano Menezes e ao volante Elias, destaque da partida e autor de um golaço no segundo tempo. Enquanto Mano preferiu contemporizar e criticar somente o gramado, o jogador não escondeu que o Colorado não tinha como fazer frente ao clube paulista.

- Apesar do adversário não ter nível de Série A, procuramos fazer o que treinamos, que é ter posse de bola, agredir um pouco mais o adversário e marcar forte. Serviu para nos condicionar ainda mais - afirmou o camisa 7.