icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2014
13:22

O circuito de Interlagos vai sofrer algumas alterações para o Grande Prémio do Brasil, que será realizado no final de semana de 7 até 9 de novembro, de Fórmula 1. A ideia e dar mais aderência e segurança, e causar menos desgaste. Todas as outras categorias da modalidade irão se beneficiar com as mudanças.

No momento, o autódromo está fechado e as obras já começaram. O objetivo é deixar a pista ainda mais uniforme do que no último recapeamento, que foi realizado em 2007. As pedrinhas de grantino que compõe o asfalto, sofrerão uma britagem para que fiquem mais redondas e sem pontas, o que tornaria a pista bem menos abrasiva, sem perder aderência.

Outra mudança que irá ocorrer, será na entrada dos boxes. Ela será alargada e passará dos atuais 30m (15m de pista e 15m de entrada) para 45m (15m de pista e 30m de entrada). Isso permitirá aos pilotos fazerem a manobra de acesso com mais segurança e tranquilidade, sem alteração no tempo do pit stop.

Haverá mudanças também na pista dos boxes. A ideia é evitar a formação de poças de água e garantir a drenagem. Na pista interna onde os carros estacionam, o piso será de concreto e por onde os carros entram e saem do boxe, o revestimento será de asfalto.

Finalmente, na saída dos boxes, na segunda perna do “S” do Senna, haverá uma nova área de escape de 10 menos de largura, sem alterar o ponto de tangência para a entrada na pista.

Todas essas obras já fazem parte do projeto feito, para 2015, de reforma de Interlagos.