icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/07/2013
08:05

Ter uma passagem vitoriosa e com bom futebol pelo Internacional significa chances grandes de retornar ao clube. Jogadores como Giuliano, Taison, Alex e outros sempre são seguidos de perto pela direção. Não é diferente atualmente. E os dirigentes do futebol colorado admitem que há chance de repatriar o meia Alex, atualmente no Al-Gharafa, do Qatar. Há, na leitura dos diretivos, um ruído entre o canhoto e o seu clube. Alex esteve no Inter entre 2004 e 2009. Foi vendido pelo Corinthians há exatos um ano, após o título da Libertadores.

- Monitoramos os jogadores que já passaram com sucesso pelo Inter. Tem algum ruído na relação do Alex com o Al-Gharafa - disse o diretor de futebol Luís Cesar Souto de Moura na Rádio Bandeirantes.

O Internacional negocia com os atacantes Saviola e Nilmar, mas também não esquece que precisa de meias. O problema é que se chegar o primeiro, inviabilizaria a contratação de Lucho González, pretendida pelo Colorado. Por isso, o nome de Alex ganha força nos bastidores. Há também a chance de os gaúchos contratarem um meia do mercado interno, já que a janela de transferências internacionais está próximo de fechar.

- O Alex, o Nilmar, Giuliano e Taison são jogadores que, pela história no Inter, faz com que os dirigentes busquem as melhores informações. Temos a informação de que o Alex pode voltar. Vamos ver se podemos dar uma boa noticia ao torcedor - disse o diretor Marcelo de Medeiros na Rádio Gaúcha.

Para a posição, o Inter apresentou o meia Alan Patrick, contratado por empréstimo sem custos junto ao Shakhtar Donetsk. O clube gaúcho 'namorou' Júlio Baptista, mas um aumento na pedida dos valores salariais desagradou a direção, e a negociação foi deixada de lado.

Ter uma passagem vitoriosa e com bom futebol pelo Internacional significa chances grandes de retornar ao clube. Jogadores como Giuliano, Taison, Alex e outros sempre são seguidos de perto pela direção. Não é diferente atualmente. E os dirigentes do futebol colorado admitem que há chance de repatriar o meia Alex, atualmente no Al-Gharafa, do Qatar. Há, na leitura dos diretivos, um ruído entre o canhoto e o seu clube. Alex esteve no Inter entre 2004 e 2009. Foi vendido pelo Corinthians há exatos um ano, após o título da Libertadores.

- Monitoramos os jogadores que já passaram com sucesso pelo Inter. Tem algum ruído na relação do Alex com o Al-Gharafa - disse o diretor de futebol Luís Cesar Souto de Moura na Rádio Bandeirantes.

O Internacional negocia com os atacantes Saviola e Nilmar, mas também não esquece que precisa de meias. O problema é que se chegar o primeiro, inviabilizaria a contratação de Lucho González, pretendida pelo Colorado. Por isso, o nome de Alex ganha força nos bastidores. Há também a chance de os gaúchos contratarem um meia do mercado interno, já que a janela de transferências internacionais está próximo de fechar.

- O Alex, o Nilmar, Giuliano e Taison são jogadores que, pela história no Inter, faz com que os dirigentes busquem as melhores informações. Temos a informação de que o Alex pode voltar. Vamos ver se podemos dar uma boa noticia ao torcedor - disse o diretor Marcelo de Medeiros na Rádio Gaúcha.

Para a posição, o Inter apresentou o meia Alan Patrick, contratado por empréstimo sem custos junto ao Shakhtar Donetsk. O clube gaúcho 'namorou' Júlio Baptista, mas um aumento na pedida dos valores salariais desagradou a direção, e a negociação foi deixada de lado.