icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/07/2014
08:06

São dois dias de trabalho. Mas Abel Braga terá bastante trabalho. O Internacional tem uma série de problemas para a quarta-feira, data em que enfrentará o Ceará, pela terceira fase da Copa do Brasil, no Beira-Rio. São três desfalques de relevância no time. E outros dois jogadores que reclamaram de desconfortos.

Os meias D'Alessandro e Alan Patrick serão reavaliados. O camisa 10 foi sacado no intervalo por Abel por sentir um desconforto muscular. Já no treinamento de sexta-feira, demonstrava incômodo na perna esquerda. Durante o rachão, constantemente alongava o músculo posterior da coxa. Já Patrick terminou o jogo com o Bahia, mas saiu reclamando de dores por conta de uma pancada.

A situação se complica porque Jorge Henrique e Valdívia, que seriam opções para as posições, estão também machucados. Otávio, dependendo do treino desta segunda, pode ser liberado. Eduardo Sasha seria outra alternativa.

As três baixas confirmadas são Wellington e Wellington Silva, que já jogaram a Copa do Brasil por São Paulo e Fluminense, respectivamente, e o chileno Charles Aránguiz. A ausência deste estava sendo naturalmente suprida por Wellington, mas agora o volante também não estará disponível.

As opções não são variadas. Abelão terá de escolher entre os volantes Ygor e João Afonso e o lateral-direito Cláudio Winck para a vaga no meio. No reinício do Brasileirão, quando não teve Wellington, que estava suspenso, o treinador optou pela entrada de João Afonso. Mas o sacou ainda no primeiro tempo para improvisar Winck no setor.

Na lateral direita, Winck também se credencia. Além do jovem, o camisa 2 Gilberto, que foi titular no primeiro semestre, também vira opção, embora não esteja entrando nas últimas partidas - Winck tem sido a opção de Abel.

O Colorado se reapresenta às 10h desta segunda-feira, após a vitória por 1 a 0 sobre o Bahia, na Fonte Nova. Depois, treina na tarde desta quinta, antes do duelo da quarta, às 22h, no Beira-Rio.