icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/12/2013
08:27

O Beira-Rio se aproxima de sua conclusão. Apesar do atraso nas obras - a previsão de entrega era dia 31 de dezembro, mas o estádio será entregue apenas ao final de janeiro -, o Inter já trabalha para utilizá-lo no Campeonato Gaúcho de 2014. E espera estar operando na "plenitude" da sua casa em 60 dias, embora a capacidade total só deve ser utilizado em abril. Os eventos-testes previstos pela Fifa serão durante o Estadual.

- É uma solicitação da Fifa. O Gauchão serve justamente para isso. Vamos aumentar o número de pessoas ao longo dos jogos. De forma para chegar a operar na plenitude em até 60 dias. Já que é um estádio novo, com muita tecnologia, é importante ir aumentando o número de torcedores, controlando, fazendo uma avaliação a cada jogo. Assim, poderemos conferir eventuais problemas a serem ajustados - comentou o presidente do Inter, Giovanni Luigi, em entrevista na Rádio Guaíba.

O estádio está com 92,5% das obras concluídas, segundo a última atualização da Andrade Gutierrez. Segundo Marcelo Flores, CEO da Brio, a capacidade total do estádio, de 51 mil pessoas, só será utilizada nos eventos de reinauguração, em abril. A previsão era de que as membranas translúcidas, que serão encaixadas entre as folhas da cobertura metálica, fossem colocadas a partir do dia 26. Como já previsto no início deste mês, o Beira-Rio deve ser entregue apenas ao final de janeiro.

- Teremos um estádio na melhor localização possível. É praticamente no centro de Porto Alegre, sem interferir nas vias de acesso. Toda essa área é extremamente valorizada e com amplo acesso. Remodelado, terá condição de termos grandes jogos e conquistas - avaliou Luigi.