icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/11/2013
08:13

O momento é bastante complicado. Em anos em que o Internacional se acostumou a decidir títulos, entra em uma partida com o mesmo caráter, mas para não se aproximar ainda mais da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Para isso, terá de romper a sequência de duas derrotas e estancar os gols sofridos. O Colorado vazou mais que o Coritiba, adversário deste domingo, às 19h30, no Centenário, e que está quatro pontos atrás.

Nas últimas cinco partidas, o Inter levou 10 gols. No outro lado, marcou apenas sete vezes. Os erros defensivos, uma marca do Internacional no Brasileirão deste ano, precisam ser estancados se o Colorado quiser voltar a vencer. Para isso, o lateral-esquerdo Fabrício pede ajuda desde os atacantes para que a defesa não falhe mais. No Brasileirão inteiro, o time gaúcho levou 52 gols em 35 partidas, ou média de 1,48. Nas últimas partidas, a média é de 2.

- Começa lá na frente, com os atacantes. Todo mundo tem que se ajudar dentro de campo, se um deixar de marcar, dá problema. E a gente erra atrás, mas não é de sacanagem. O torcedor tem que entender. Tem que errar o mínimo possível para que a gente consiga vencer o Coritiba - comentou o camisa 14 colorado.

Quarta pior defesa do Brasileirão, o Inter pode ter mudanças no setor. Em um trabalho técnico, em campo reduzido, o técnico Clemer indicou a volta dos veteranos Índio e Juan para a linha defensiva, com Jackson sendo o lateral-direito. No entanto, isso pode mudar no treinamento da manhã desta quarta-feira, no CT, já que a tendência é que o comandante faça um trabalho tático e revele sua ideia de escalação.

- Eles tem 41 pontos, se tiver um resultado ruim no domingo eles encostam na gente. É uma final, temos que matar logo e buscar um resultado dentro de casa, para buscar a vitória e acabar com isso logo - destacou Fabrício.

O Inter viajará para Caxias do Sul na noite de sexta-feira, repetirá a logística que antecedeu ao jogo com o Botafogo, quando o Colorado venceu. Além disso, mantém a promoção de ingressos e sócio e mulheres podem entrar de graça no jogo de domingo.