icons.title signature.placeholder Eduardo Moura
07/03/2014
08:04

As negociações até já começaram. Mas deram uma estagnada com o momento política instável da Ucrânica. O Internacional monitora a situação para dar seguimento às negociações com o Shakhtar Donetsk. A ideia inicial é renovar o empréstimo do meia até o final deste ano para depois analisar uma possível compra. O jogador já manifestou sua vontade de permanecer no clube gaúcho.

Depois de uma série de protestos na capital Kiev, o presidente da Ucrânia foi destituído. Atualmente, a Rússia ameaça invadir o país. O clima segue tenso em terras ucranianas. O desfecho da situação pode ajudar na permanência do meia. Dependendo do que acontecer, o clube pode ser mais sensível à prorrogar o empréstimo de Patrick, que inicialmente termina em junho. As conversas aconteciam - e estavam até encaminhadas - mas o quadro parou por conta do contexto político.

- Não tem novidade. É um contexto político complicado na Ucrânia. Não sei o que vai acontecer. Espero que, seja qual for, tenha o menor número de vítimas possíveis. Estamos dando seguimento à situação do Alan, assim como do Aránguiz. Não diria que está parado, mas não há novidade sobre a negociação - explicou o vice defutebol Marcelo Medeiros ao L!Net.

Alan Patrick é o 12° jogador de Abel Braga. O meia é dos que mais atuaram na temporada e foi utilizado tanto na equipe reserva como entre os titulares. Virou o dublê de Aránguiz e peça importante para modificar partidas no segundo tempo. O próprio técnico revelou que pediu a permanência do atleta até o final do ano.

O quadro é bem diferente de 2013. Contratado após a negociação de Fred com o Shakhtar, o meia teve poucas oportunidades com Dunga e Clemer. Atuou apenas seis vezes. A ideia do jogador é permanecer no clube.